Aeroporto de Munique movimentou 47,9 milhões de passageiros em 2019

O Aeroporto de Munique, na Alemanha, continua a acumular recordes: em 2019, o tráfego total aumentou em 1,7 milhões, ou quatro por cento, para 47,9 milhões de passageiros. Esse foi o maior aumento registado por qualquer aeroporto alemão no ano passado. Para o hub aéreo do Estado da Baviera, esse resultado representa o décimo ano consecutivo de recorde no tráfego total de passageiros.

O número de aterragens e descolagens aumentou cerca de um por cento, para mais de 417.000 movimentos de aeronaves. As companhias aéreas aumentaram substancialmente o número de destinos atendidos, especialmente no segmento intercontinental, que registou um aumento anual de mais de seis por cento em movimentos de aeronaves comerciais para um total de aproximadamente 34.000 e um impressionante aumento de nove por cento no total de passageiros. No tráfego europeu, o número de passageiros foi cerca de quatro por cento maior. Enquanto isso, o número de passageiros em rotas domésticas na Alemanha diminuiu novamente em cerca de um por cento.

Estes números reforçam a força crescente do aeroporto de Munique como uma plataforma de distribuição de tráfego aéreo (hub). Os fluxos de tráfego para a Ásia e as Américas estão sendo cada vez mais canalizados por Munique. Entre os beneficiários desse empreendimento estão os viajantes na área de influência do aeroporto, que podem escolher entre serviços sem escalas e um número crescente de destinos de longo curso.

Com base nas projeções atuais, e apesar da desaceleração dos indicadores económicos, o tráfego de passageiros no aeroporto de Munique continuará a crescer no corrente ano de 2020. Essa tendência provavelmente ganhará um impulso adicional com a decisão da Lufthansa de estacionar mais aeronaves de longo curso (A380 e A350) em Munique e a consequente adição de novas e atraentes rotas intercontinentais.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica