Aeroportos de Moçambique perdem 19 milhões de euros com a pandemia

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A empresa Aeroportos de Moçambique (ADM) acumulou este ano prejuízos de cerca de 22 milhões de dólares (19 milhões de euros) devido ao impacto da pandemia da covid-19.

“A Empresa Aeroportos de Moçambique viu todas as suas fontes de receita profundamente afetadas, desde as taxas de sobrevoo, aterragem e outras receitas não aeronáuticas, resultantes da atividade económica que se desenvolvia nos aeroportos”, disse o ministro dos Transportes e Comunicações, Janfar Abdulai, na semana passada.

O governante falava na cidade de Maputo, capital do país, durante uma reunião de balanço de atividades da empresa, na qual, entre outras matérias, foi analisado o relatório de contas de 2019, os planos de atividades e o orçamento.

 

Entretanto, também na semana passada, uma fonte oficial revelou que as obras de construção do Aeroporto Internacional de Xai-Xai, no sul de Moçambique, estão com um atraso de cinco meses, devido à impossibilidade de viagem para o país de especialistas chineses que estão a trabalhar nas obras.

O diretor dos Serviços de Infraestruturas da Província de Gaza, cuja capital é Xai-Xai, Alberto Matusse, afirmou, em declarações à emissora pública ‘Rádio Moçambique’, que o encerramento de fronteiras aéreas devido à covid-19 está a impedir a chegada de engenheiros e técnicos chineses que trabalham no Xai-Xai.

“Há diligências para a criação de condições urgentes para a vinda dos especialistas chineses, porque a sua viagem foi condicionada pela covid-19”, declarou Alberto Matusse.

 

  • A imagem de abertura foi obtida no Aeroporto de Nampula, no norte de Moçambique. Foto © Catanho Fernandes

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...