Bem-vindo, !|Sair

Airbus A330-300 da TAP com pintura retro está pronto para levantar voo


 

A TAP Portugal anunciou oficialmente nesta sexta-feira, dia 23 de junho, que está concluída a primeira pintura retro da história da companhia aérea portuguesa, feita num Airbus A330-300, que deverá entrar em atividade nas linhas do Brasil na próxima semana, nas linhas de maior intensidade de tráfego (LINK notícia relacionada). Esta data está apenas dependente da autorização da Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), a quem cabe deliberar sobre o processo de registo e certificação da aeronave.

O CS-TOV, batizado com o nome ‘Portugal’ está pronto a cruzar os céus, ostentando a icónica ‘Passarola’ que integrou a imagem da TAP durante as décadas de 60 e 70 [do século passado], diz um texto publicado no sítio da publicação eletrónica ‘WHAT’S|up’ (sucessora do jornal TAP). Uma prática que não era habitual na empresa, já que sempre distribuía os comunicados às redações dos órgãos de comunicação social.

O aparelho distinguido com a pintura especial retro é um dos três Airbus A330-300 que estão a ser recebidos gradualmente pela TAP, neste verão, que vêm contribuir para o aumento da capacidade e para a abertura das novas rotas de longo curso já anunciadas. Com uma lotação de 285 passageiros, o avião “Portugal” é a segunda aeronave a receber o nome do País, tendo sido o Boeing 747-200 o primeiro a ser batizado com aquele nome, recebido pela empresa em fevereiro de 1972. Recriou-se assim, de forma fiel, o lettering da designação ‘Transportes Aéreos Portugueses’, da qual sobreviveram as iniciais TAP, e o ícone da companhia na época, popularmente conhecido como ‘Passarola’.

A pintura escolhida para o avião retro foi reproduzida pela primeira vez num avião Lockheed Constellation, recebido pela TAP em julho de 1955, e foi a imagem corporativa da TAP até 1979.

“Com a entrada em operação desta aeronave, a TAP reconhece, uma vez mais, a importância do legado histórico da empresa, cuja evolução é indissociável da própria história de Portugal nos últimos 70 anos”, diz o texto da TAP Portugal divulgado no sítio da publicação eletrónica ‘WHAT’S|up’. “Vem, de igual forma, dar resposta às inúmeras solicitações de clientes e colaboradores que, ao longo dos últimos anos, ansiavam por ver uma pintura clássica num dos aviões da companhia”, justifica a TAP.

A pintura do novo A330 Retrojet ‘Portugal’ é a primeira iniciativa de um conjunto de ações programadas pela TAP para promover a ligação da companhia à sua história e ao País.

O comunicado da TAP refere apenas três aviões Airbus A330-300, quando na verdade, chegou a ser noticiado que a companhia receberia quatro aviões desse modelo para reforço da sua frota de longo curso, o que, aliás, nunca foi desmentido (LINK notícia relacionada). De notar que o texto diz que esses três aviões chegarão no corrente Verão. Pode ser, que a data de chegada do quarto aparelho, esteja agendada para depois do Verão e, por isso, fora do contexto desta nota. Uma questão que o ‘Newsavia’ não conseguiu confirmar.

Um dos aviões (CS-TOU) já está ao serviço da companhia desde o passado dia 9 de junho; o segundo é o CS-TOV que foi agora pintado com as cores retro; o terceiro ainda não chegou a Lisboa, mas já tem atribuído o registo CS-TOW. Será pintado nas oficinas da TAP com motivos regionais portugueses, uma produção artística criada em Portugal, alusiva ao programa ‘Portugal Stopover’ e que será executada na oficina de pintura da TAP M&E no Aeroporto de Lisboa.

 

  • Fotos © Diogo Parra

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica