Airbus A330-900neo da TAP retido em Bissau devido a incidente

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um avião Airbus A330-900neo da TAP Air Portugal, matrícula CS-TUJ, que fez na manhã deste sábado, dia 1 de maio, o voo TP1477, entre Lisboa e a Guiné-Bissau, está retido no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, na capital guineense, devido a um incidente na placa de estacionamento, que requer vistoria técnica e trabalhos de manutenção.

O incidente verificou-se, ao princípio da tarde (13h47 de Bissau), quando a aeronave, após a aterragem (verificada às 13h44), estava a deslocar-se para a placa de estacionamento, tendo o winglet da asa esquerda embatido num poste de iluminação do aeroporto e se desprendido da asa. Na imagem de abertura vemos o avião já sem winglet e, por detrás, é visível o poste onde a asa embateu. Não se verificaram outros danos além dos materiais, que deverão agora ser solucionadas por uma equipa técnica da TAP que irá deslocar-se para a Guiné-Bissau neste fim-de-semana. Na cidade de Bissau a TAP não dispõe de assistência técnica, nem tão pouco esta existe para apoio a aviões de outras companhias aéreas que façam escala naquele aeroporto.

Desde o passado dia 3 de abril que a TAP tem programado aos sábados aeronaves Airbus A330-900neo na rota de Bissau, disseram ao ‘Newsavia’ fontes do aeroporto guineense. Uma situação que deverá manter-se, pelo menos, até ao próximo dia 27 do corrente mês de maio.

Devido à situação de pandemia a Embaixada de Portugal em Bissau não tem emitido vistos de curta duração para visitas de guineenses a Portugal, o que reduziu drasticamente a circulação de passageiros entre os dois países. A TAP tinha retomado os voos para Bissau com três frequências semanais, às terças, quintas e sábados. Mas devido à falta de procura decidiu juntar os voos da quinta-feira e do sábado num único, e para tal passou a utilizar uma aeronave maior, o A330-900neo, em horário diurno. Às terças-feiras o voo mantém-se com um avião Airbus A320, em horário noturno.

 

Esta imagem foi obtida após a aterragem do CS-TUJ em Bissau, no momento em que o avião entrava na plataforma de estacionamento, antes do impacto com o poste de iluminação. São visíveis os winglets em ambas as asas. Fotos © Albano Barai/Newsavia.

O voo que chegou neste sábado, dia 1 de maio, é já a quinta frequência feita pelo A330-900neo. Transportou para Bissau 232 passageiros e deveria embarcar 247 com destino a Lisboa. No aeroporto da capital guineense alertaram-nos para uma questão pertinente: a TAP deverá resolver a viagem destes passageiros entre hoje e amanhã, já que todos fizeram teste à covid-19 e os prazos de validade são reduzidos.

 

TAP Air Portugal envia avião e equipa de manutenção técnica para Bissau 

Entretanto a TAP confirmou ao ‘Newsavia’ o incidente e explicou que “durante as manobras de parqueamento, já no aeroporto de Bissau, o avião embateu com a ponta da asa num poste de iluminação”.

“Os 232 passageiros que se encontravam a bordo desembarcaram de forma tranquila e a sua segurança nunca esteve em causa”, esclareceu o porta-voz da companhia, André Serpa Soares, que acrescentou que “as causas serão devidamente apuradas”.

“A TAP está agora a viabilizar a ida, ainda hoje [dia 1 de maio], de um outro avião e tripulações para transportarem os passageiros que aguardam o voo Bissau-Lisboa”, anunciou o informador da TAP que acrescentou que “o mesmo avião levará uma equipa de manutenção e o material necessário à reparação dos danos na aeronave que sofreu o incidente”.

Ao fim da tarde deste sábado, em Bissau, a escala da TAP notificou os passageiros que ficaram retidos devido à avaria do avião da companhia, para se apresentarem para check-in no domingo, de manhã, a partir das 10h00. Um outro avião da TAP deverá chegar ao Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, pela hora do almoço, saindo ao princípio da tarde para Portugal.

 

  • Com informações de Albano Barai (texto e fotos), colaborador do ‘Newsavia’ na Guiné-Bissau
  • Notícia atualizada às 21h00 UTC

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Mais passageiros transportados interilhas em Cabo Verde em março e abril deste ano

Os dois aviões fretados pela TACV, companhia aérea estatal...

Presidente da TAP defende que o Estado Português não deve privatizar totalmente a empresa

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, defendeu que o...