Bem-vindo, !|Sair

Airbus A380 e Boeing 747-8 podem aterrar em 15 aeroportos do Brasil


 

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil aprovou uma nova listagem de aeroportos que a partir de agora estão aptos a receber aviões Airbus A380 e Boeing 747-8, os maiores aviões comerciais do mundo em operação conjunta de passageiros e carga.

Com esta aprovação o Brasil passa de três para 15 o número de aeroportos que estão devidamente equipados para receberam os dois gigantes dos ares. Até há pouco, apenas os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, Galeão, no Rio de Janeiro, e Curitiba, no Paraná, estavam certificados para receberem operações com aeronaves 4F, código que identifica estes aparelhos de maiores dimensões e capacidade de transporte de passageiros e cargas.

Na semana passada, a ANAC/Brasil anunciou que os aeroportos de Belém (Estado do Pará), Brasília (Distrito Federal), Cabo Frio (Rio de Janeiro), Confins (Minas Gerais), Manaus (Amazonas), Viracopos (São Paulo), Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Petrolina (Pernambuco), Natal (Rio Grande do Norte) e Salvador (Bahia) juntam-se à lista das estruturas aeroportuárias certificadas para receberem aviões de maior peso, dimensão e capacidade de transporte.

As normas em vigor até esta autorização indicavam que os A380 e os B747-8 só estariam autorizados a operar em aeroportos que tivessem uma pista de aterragem asfaltada com 60 metros de largura e uma largura total da pista (incluindo zona de serviço e de segurança em terra) com um total de 150 metros. Os caminhos de circulação do aeroporto (taxiways) deveriam ter 75 metros de largura.

Com as novas normas autorizadas pela ANAC a largura total da pista passa para 140 metros, enquanto a largura de pista asfaltada é reduzida para 45 metros.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica