Airbus e ITA Airways procuram parceiros para a mobilidade elétrica em Itália

A Airbus e a ITA Airways, a nova empresa de transporte aéreo que tomou o lugar da extinta Alitalia, como companhia de bandeira italiana, assinaram um Memorando de Entendimento para colaborar na mobilidade aérea urbana (UAM) em Itália. As duas empresas irão explorar a criação de serviços UAM personalizados, identificando casos de utilização estratégica para soluções de mobilidade sem emissões.

O acordo prevê uma abordagem conjunta com as partes interessadas na mobilidade local, a fim de juntar mais parceiros para o lançamento seguro e sustentável de operações com o avião CityAirbus NextGen de descolagem e aterragem vertical eléctrica (eVTOL), atualmente em desenvolvimento. As partes também concordam em identificar casos piloto com o objetivo de assegurar a aceitação pública da UAM, demonstrando o valor acrescentado que esta pode trazer às comunidades, refere um comunicado distribuído nesta quarta-feira, dia 27 de abril, pela Airbus.

“A parceria entre a ITA Airways e a Airbus começou com a evolução para aeronaves comerciais mais modernas, mais confortáveis e ecológicas, equipadas com tecnologias de ponta”, refere Alfredo Altavilla, presidente da ITA Airways, citado na nota de imprensa da fábrica aeroespacial europeia. “Com este acordo, a nossa parceria expande-se para o segmento da mobilidade aérea urbana para uma oferta mais ampla, centrada no cliente, inovadora e sustentável para os nossos clientes”, acrescenta Altavilla.

O CityAirbus NextGen é um veículo totalmente elétrico equipado com asas fixas, uma cauda em V, e oito hélices elétricas como parte do seu sistema de propulsão distribuída de conceção única. Foi concebido para transportar até quatro passageiros, incluindo o piloto, em voos com emissões zero de carbono para múltiplas aplicações. O CityAirbus NextGen está a ser desenvolvido para voar com um alcance operacional de 80 km e para atingir uma velocidade de cruzeiro de 120 km/hora, tornando-o perfeitamente adequado para uma variedade de missões.

Guillaume Faury, presidente executivo da Airbus, afirma: “Este acordo é um testemunho da forte relação entre a Airbus e a ITA Airways. É uma oportunidade para alavancar a nossa ambição partilhada – aeroespacial sustentável pioneira – e avançar com novas soluções de mobilidade aérea para voos verticais de emissão zero em apoio às nossas cidades e comunidades, no final desta década”.

 

A ITA Airways é a companhia aérea de bandeira italiana. Foi criada em 2021, tendo a sustentabilidade como um dos pilares fundamentais do seu plano de negócios. A empresa demonstrou um grande interesse em projetos inovadores de descarbonização da aviação, tais como o desenvolvimento da mobilidade aérea urbana através de eVTOLs. A ITA Airways adquiriu recentemente 28 aeronaves Airbus, incluindo sete A220s, 11 A320neo e 10 A330neo. O Airbus A350 vai também juntar-se à frota da empresa neste Verão.

 

A Airbus tem vindo a explorar, desde 2014, a forma como a propulsão elétrica pode ajudar a impulsionar o desenvolvimento de novos tipos de veículos aéreos. Em setembro de 2021, a empresa revelou o seu protótipo eVTOL totalmente elétrico, CityAirbus NextGen. A Airbus está a desenvolver uma solução UAM com eVTOLs não só para oferecer um novo serviço de mobilidade mas também como um passo importante na sua busca para reduzir as emissões na aviação em toda a sua gama de produtos.

 

  • Imagem de abertura © Airbus Helicopters and Productions Autrement Dit

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica