Alavancando a tecnologia para a resiliência climática na aviação

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A aviação desempenha um papel crucial na conexão de pessoas e lugares em todo o mundo. À medida que os eventos climáticos extremos se tornam mais frequentes e intensos globalmente por causa das mudanças climáticas, aeroportos, aeronaves e operações aéreas estão cada vez mais vulneráveis.

 

O impacto das mudanças climáticas na aviação

A indústria da aviação reconheceu a urgência de enfrentar as mudanças climáticas e se comprometeu a se tornar carbono zero até 2050. Em apoio à meta do Acordo de Paris de limitar o aquecimento global a 1,5°C, a indústria tem uma estratégia de quatro frentes para reduzir as emissões.

As mudanças climáticas resultaram em um aumento de eventos extremos, incluindo inundações severas, aumento do nível do mar e furacões mais frequentes. Atualmente, o impacto do aquecimento e do ‘El Niño’ levaram ao aumento das temperaturas, provavelmente tornando este julho o mês mais quente já registado no hemisfério norte. Dessa forma, esses acontecimentos geram impacto significativo nas operações aéreas.

Atrasos e interrupções causados  por condições climáticas são responsáveis por 75% dos atrasos no tráfego aéreo, custando às companhias aéreas bilhões de dólares a cada ano em despesas extras de combustível, manutenção, tripulação e compensação.

Além disso, a segurança dos passageiros e tripulantes é comprometida quando ocorrem eventos climáticos inesperados, como a chamada turbulência de ar claro (TAC), que é invisível e difícil de prever antes de um voo.

De fato, uma nova pesquisa publicada no mês passado pela Universidade de Reading (Inglaterra) mostra um aumento significativo na TAC nas últimas quatro décadas devido ao aquecimento do clima, particularmente em regiões com ampla movimentação aérea como os EUA e o Atlântico Norte. À medida que o clima fica mais quente, a TAC inevitavelmente aumentará.

 

O papel da tecnologia na visibilidade do clima

Hoje, quando os pilotos sobrevoam uma área com TAC inesperada, eles normalmente relatam a ocorrência (como um PIREP – Relatório do Piloto) durante ou após o voo para os agentes de solo, que então comunicam a outras aeronaves para evitarem a área.

Para lidar proativamente com interrupções climáticas como a TAC, a indústria precisa de ferramentas mais avançadas e que forneçam maior visibilidade climática para antecipar essas ocorrências.

Pilotos e despachantes operacionais de voo exigem visualização meteorológica de alta qualidade e em tempo real para apoiar a segurança de voo, adaptando os planos de voo a fim de evitar esse aumento das condições climáticas adversas. Sabemos  que o clima é um dos maiores desafios que os pilotos enfrentam. Já os despachantes dependem das informações meteorológicas, pois produzem planos de voo para os pilotos, considerando o clima e o combustível necessários para chegar a um destino. Além disso, são responsáveis por antecipar desvios e determinar cancelamentos quando há preocupações de segurança.

Os sistemas de radar a bordo tradicionais detectam turbulência, mas não a TAC. Como diferentes previsões acontecem em uma mesma área, o acompanhamento por meio de várias fontes permite que pilotos e despachantes antecipem e evitem condições meteorológicas perigosas (incluindo possíveis ocorrências de TAC), reduzindo assim os riscos e melhorando a segurança.

Caminhos inovadores a seguir

Como fornecedora líder de TI para aviação, a SITA desenvolveu soluções para ajudar a indústria a enfrentar esses desafios relacionados ao clima. O ‘SITA eWAS’ e o ‘SITA Mission Watch’ oferecem recursos exclusivos que agregam vários feeds meteorológicos, garantindo precisão e confiabilidade. Essas soluções oferecem aos pilotos e despachantes previsões meteorológicas 4D de alta resolução e em tempo real, permitindo visualizar planos de voo em diferentes condições climáticas. A interface incorpora informações vitais, como posição da aeronave, uso otimizado de combustível e relatórios do piloto, que podem incluir observações de TAC.

Ao equipar os profissionais de aviação com essa visibilidade climática abrangente, as soluções da SITA os capacitam a determinar proativamente as melhores rotas de voo e reduzir em 60% o tempo que as aeronaves passam em solo devido a condições climáticas adversas.

 

Integração e sinergia para eficiência ideal

As soluções da SITA são projetadas para se integrar perfeitamente com outras soluções de eficiência de voo, como o SITA OptiClimb®. Ao alavancar algoritmos de machine learning, o SITA OptiClimb® fornece recomendações personalizadas de velocidade de subida específicas para cada voo, resultando em redução de até 5% no custo de combustível e nas emissões de carbono. A compatibilidade do ‘SITA eWAS’ e do ‘SITA Mission Watch’ com essas soluções inovadoras permite que as companhias aéreas alcancem maior eficiência operacional ao mesmo tempo em que reduzem as emissões.

 

Construindo resiliência climática

À medida que a indústria da aviação se compromete com a meta de carbono zero até 2050, abordar os impactos das mudanças climáticas nas operações se torna uma prioridade crucial para mitigar os riscos climáticos representados por eventos extremos. Ao aproveitar as tecnologias mais recentes para aumentar a consciência situacional para a tomada de decisões proativas, a indústria pode navegar por esses desafios com viagens mais seguras e eficientes.

 

  • Este texto é da autoria de Carlos Kaduoka, responsável pelo departamento de Estratégias e Transformação de Negócios da SITA

 

Sobre a SITA

A SITA é uma provedora de TI para o setor de transporte aéreo, oferecendo soluções para companhias aéreas, aeroportos, aeronaves e governos. Nossa tecnologia possibilita viagens aéreas mais integradas, seguras e sustentáveis.

Com cerca de 2.500 clientes, as soluções da SITA impulsionam a eficiência operacional em mais de 1.000 aeroportos, ao mesmo tempo em que cumprem a promessa de viabilizar 17 mil aeronaves conectadas para clientes em todo o mundo. A SITA também fornece soluções de tecnologia que auxiliam mais de 70 órgãos governamentais a encontrar o equilíbrio entre fronteiras seguras e viagens eficientes. Nossa rede de comunicações conecta todos os cantos do globo e abrange 60% da troca de dados da comunidade do transporte aéreo.

Em 2021, a SITA tornou-se uma empresa certificada CarbonNeutral® pelo The CarbonNeutral Protocol – padrão global líder para programas neutros em carbono. Estamos reduzindo as emissões de gases de efeito estufa em todas as nossas operações por meio de nosso programa Planet+, reconhecido pela ONU, ao mesmo tempo em que desenvolvemos soluções para ajudar a indústria da aviação a atingir seus objetivos de redução de carbono, incluindo redução do consumo de combustível e maior eficiência operacional. Em 2022, anunciamos nosso compromisso de estabelecer metas de redução de emissões baseadas na iniciativa Net-Zero Standard, do Science Based Targets, uma parceria entre o CDP, o Pacto Global das Nações Unidas, o World Resources Institute (WRI) e o World Wide Fund for Nature (WWF).

A SITA é 100% de propriedade da indústria de aviação e totalmente impulsionada por suas necessidades. É uma das empresas com maior diversidade internacional, prestando serviços em mais de 200 países e territórios.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Chefe do Governo de Cabo Verde diz que avião anunciado há 12 dias “vai chegar”

O primeiro-ministro cabo-verdiano disse nesta terça-feira, dia 16 de...