ANA Aeroportos apoia reflorestação da ilha do Porto Santo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A ANA – Aeroportos de Portugal (Grupo Vinci Airports) e o Governo Regional da Madeira formalizaram nesta sexta-feira, dia 12 de novembro, o protocolo para a plantação de árvores na Ilha do Porto Santo, e visitaram os terrenos concedidos pelo IFCN – Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza para a plantação de quinhentas árvores em 2021, onde foram colocadas as primeiras plantas.

Esta ação contou com a presença do presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, da secretária regional do Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas, Susana Prada, do presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luis Arnaut, e do presidente da Comissão Executiva da ANA, Thierry Ligonnière.

Thierry Ligonnière, presidente da Comissão Executiva da ANA Aeroportos de Portugal, à esquerda na imagem, ouve explicações do presidente da Comissão Diretiva do Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza (IFCN) da Madeira, Manuel Filipe, sobre o Plano de Reflorestação da ilha do Porto Santo, do qual a empresa aeroportuária é parceira.

As iniciativas de reflorestação fazem parte das prioridades e compromissos da VINCI Airports para alcançar a neutralidade carbónica da sua rede de aeroportos europeus até 2050. A ANA-VINCI Airports apoia o projeto do Governo Regional da Madeira para a Reflorestação da Ilha do Porto Santo. Um projeto que promove a biodiversidade e a melhoria da gestão dos recursos hídricos na ilha e irá igualmente potenciar a compensação local das emissões de carbono residuais do aeroporto, num valor de sequestro estimado de 3.040 toneladas de CO2. Estima-se que este valor irá compensar a totalidade das emissões de carbono do aeroporto do Porto Santo, contribuindo ainda para a compensação de mais de metade das emissões associadas ao aeroporto da Madeira.

A ANA Aeroportos e o Governo Regional da Madeira comprometeram-se a plantar mil árvores até 2026 na ilha do Porto Santo.

Durante os próximos cinco anos, a ANA – Aeroportos de Portugal, concessionária dos Aeroportos da Madeira (ilhas da Madeira e do Porto Santo) assegurará a manutenção da área florestada, à qual será acrescentada a plantação anual de mais 100 árvores, num total de 1.000 árvores plantadas até 2026. A ação assentará na plantação de espécies endémicas da Madeira, designadamente a faia das ilhas (Myrica faya) e o barbusano (Apollonias barbujana).

 

Projeto contribui para os objetivos ambientais do grupo VINCI e para a proximidade com as comunidades envolventes dos aeroportos da rede

 

A ANA/VINCI assume, através da operação e investimento no aeroporto do Porto Santo, um papel relevante na atividade económica e no desenvolvimento sustentado da ilha e com esta iniciativa ‘Juntos, plantamos o futuro’, a ANA/VINCI contribui para os trabalhos de reflorestação iniciados há mais de um século na ilha, em alinhamento com a estratégia para a Neutralidade de Carbono e os objetivos e metas estabelecidos para a proteção da biodiversidade.

Thierry Ligonnière, presidente da Comissão Executiva da ANA Aeroportos de Portugal, salientou a importância desta ação que “terá um impacto direto importante no futuro. Todas as iniciativas ambientais são relevantes, mas no caso específico desta ilha, a reflorestação é urgente e fundamental para obter recursos tão críticos como a água. É com grande entusiasmo que iniciamos as ações de reflorestação no Porto Santo, assumindo com iniciativas concretas o compromisso do grupo VINCI para a descarbonização, promovendo uma mobilidade positiva”.

 

A ilha do Porto Santo faz parte do arquipélago da Madeira e, administrativamente, está integrada na Região Autónoma da Madeira (Portugal). Está situada em pleno Oceano Atlântico, a cerca de 1.000 quilómetros do continente europeu (01h30 de voo desde Lisboa) e a 500 quilómetros da costa africana. A ilha foi eleita em 2020 como Reserva da Biosfera e a intenção é torná-la numa Ilha Verde, livre de emissões de gases com efeito de estufa. A reflorestação do Porto Santo, formalmente iniciada há cem anos, continua a ser um objetivo muito relevante para o Governo Regional da Madeira.

 

  • Com informações e fotos da ANA – Aeroportos de Portugal

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...