Antonov An-12 ao serviço do Exército cai no Congo – Há dezenas de mortos

Lusoavia 1º Encontro Internacional de Aviação dos Países Lusofonos - Bilhetes Já disponíveis


 

Um avião cargueiro Antonov An-12 , ao serviço do Exército da República Democrática do Congo, caiu na manhã deste sábado, dia 30 de setembro, no município de N’sele, na área metropolitana de Kinshasa, e provocou dezenas de vítimas, referem as primeiras notícias avançadas pelas agências noticiosas internacionais.

O desastre deu-se a cerca de 100 quilómetros a oeste de Kinshasa e deixou dezenas de mortos entre os passageiros – de acordo com diferentes fontes.

O Antonov tinha levantado voo do aeroporto da capital do país, Kinshasa, rumo a Kivu, no leste, transportando “várias dezenas de pessoas”, segundo uma fonte aeroportuária, citada pelas agências.

As notícias ainda são pouco claras, aguardando-se indicações de fontes oficiais. O avião é civil e foi fretado pelo Exército para transporte de veículos militares e munições, indicam as primeiras informações que admitem a hipótese do avião estar no país ao serviço da Presidência da República. Era pilotado por uma tripulação de nacionalidade russa.

Outras informações indicam que o avião tem capacidade para transportar oito toneladas e que tinha descolado com mais quatro toneladas do que é aconselhado pelo construtor. Além do material militar seguiriam ainda a bordo mais cerca de 30 militares congoleses, além da tripulação.

A República Democrática do Congo, onde duas fações político-militares se defrontam pelo controlo do poder, é um dos países africanos com maior sinistralidade aérea.

 

  • Notícia em desenvolvimento
  • A imagem de abertura é apenas ilustrativa e mostra um avião do mesmo modelo do que se despenhou na manhã deste sábado na República Democrática do Congo

 

Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica