ATR apresenta ideias que norteiam a construção do novo bimotor regional ecológico

A fábrica europeia de aviões ATR, líder mundial da aviação regional, anunciou nesta semana o seu planeamento para a próxima geração da sua família de aviões regionais até 2030, o ATR ‘EVO’.

A nova aeronave incorpora características de design avançadas e um novo gerador elétrico com capacidade híbrida para oferecer aos clientes a próxima geração de aeronaves ATR. Irá englobar tecnologias inovadoras para permitir melhorias significativas no desempenho, economia e sustentabilidade. Incorpora ainda um novo design ecológico que inclui novas hélices, com cabina e sistemas melhorados. Os engenheiros da ATR mantêm um sistema turbopropulsor de dois motores que pode ser alimentada por Combustível de Aviação 100% Sustentável (SAF).

Stefano Bortoli, diretor executivo da ATR, afirma que a próxima geração de aeronaves da sua fábrica “será um passo em frente na aviação responsável através de mais inovações incrementais”. Quando entrar no mercado, o novo ATR ‘EVO’ abrirá o caminho para um futuro descarbonizado para a aviação. Os principais benefícios incluem uma melhoria global de 20% do combustível e 100% de compatibilidade SAF. Isto significa que a aeronave emitirá mais de 50% menos CO2 do que um jato regional quando alimentado por querosene. “Ao utilizar 100% SAF, as suas emissões serão próximas de zero”, acrescenta o gestor da ATR.

Nos próximos meses, a ATR irá trabalhar com companhias aéreas, fabricantes de motores e fornecedores de sistemas, com o objetivo de lançar o programa de conceção e fabrico do novo ATR EVO até 2023.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica