ATR da TACV avariado na ilha do Fogo deverá voltar a voar hoje à tarde

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O ATR 72 -500 da companhia cabo-verdiana TACV (registo D4-CBU) que está avariado no Aeródromo de São Filipe, na ilha do Fogo, República de Cabo Verde, desde sábado passado deverá retomar os voos esta tarde.

A Televisão de Cabo Verde (TVC) no seu ‘Jornal da Noite’ de ontem, segunda-feira, dia 7 de Abril, entrevistou o delegado da companhia na ilha, que anunciou que uma das pás do hélice do motor esquerdo será substituída esta manhã, e que provavelmente a aeronave deverá voltar a voar durante a tarde.

O avião, que realizava um voo entre a cidade da Praia e São Filipe, no passado sábado, colidiu no momento da aterragem com um pássaro, que foi identificado como sendo uma galinha-do-mato, que lhe provocou danos de pouca monta na fuselagem e numa das pás do hélice do motor do lado esquerdo, atingindo ainda o trem de aterragem. Feita uma primeira inspecção, consta que o único estrago que levou a uma intervenção dos serviços de manutenção da TACV, será a substituição da peça danificada. Após a reparação os Serviços de Engenharia e Manutenção da companhia irão avaliar sobre a sua capacitação técnico-operacional.

Ontem a TACV fretou um LET410 à companhia ‘Cabo Verde Express’, com 19 lugares. Fez três viagens entre a Cidade da Praia e São Filipe, mas devido à capacidade do aparelho ficaram por transportar alguns clientes. Foi cancelado um voo entre as ilhas de São Nicolau e do Fogo que, supostamente, seria feita pela aeronave acidentada, referiu ainda a peça jornalística do ‘Jornal da Noite’ da TCV.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...