AZUL abandona associação das empresas aéreas brasileiras

A AZUL Linhas Aéreas Brasileiras anunciou ao princípio da tarde desta quarta-feira, dia 1 de maio, a sua saída da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR). A companhia, que é uma das fundadoras da associação, criada em 2012, reconhece as importantes contribuições da ABEAR ao setor nesse período, porém, entende que a partir desse momento prefere representar seus interesses de forma direta.

“Estamos animados com o nosso futuro. Vamos seguir com nossos planos de desenvolver cada vez mais cidades, mercados e frota, estimulando o acesso ao transporte aéreo para que ainda mais brasileiros possam voar pelo Brasil e pelo mundo. Já somos um grupo com mais de 12 mil pessoas, temos o maior número de destinos e voos diários no país e temos um caminho de muito crescimento pela frente. Por isso, entendemos que nosso diálogo com a sociedade civil, autoridades, órgãos competentes e demais stakeholders deve ser feito diretamente pela companhia”, diz John Rodgerson, presidente executivo da companhia aérea fundada por David Neeleman.

A Azul foi fundada em 2008 e é presentemente a maior companhia aérea do Brasil em números de cidades atendidas, com 821 voos diários e 110 destinos. Com uma frota operacional de 125 aeronaves, a companhia possuía 220 rotas em 31 de dezembro de 2018. Este ano já foram anunciadas mais algumas, e está em constante expansão.

 

Posicionamento da ABEAR sobre a saída da Azul

Cerca de duas horas depois da divulgação do comunicado da AZUL Linhas Aéreas Brasileiras, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) distribuiu o seguinte documento no qual expressa o seu posicionamento acerca da saída da Azul da organização:

“A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) agradece à AZUL LINHAS AÉREAS, uma de suas fundadoras em 2012 e que agora anuncia sua saída, por ajudar no crescimento e consolidação da entidade no período em que a aviação comercial brasileira avançou como meio de transporte de massa conectando o país e promovendo o seu desenvolvimento social e econômico.



A ABEAR permanece firme na sua missão de promover um ambiente de cooperação empresarial, respeitando a competição e estimulando cada vez mais o hábito de voar. Prosseguiremos atuando na defesa dos interesses do setor, em benefício dos passageiros e do país.”

 

  • Foto de abertura © Cleidir Almeida

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica