Azul chega aos 240 voos diários em julho e reabre seis bases operacionais

A AZUL Linhas Aéreas Brasileiras volta a adicionar no próximo mês de julho novos voos e a reabrir bases operacionais de Guarulhos, Porto Seguro, Marília, João Pessoa, Maceió e Maringá. Reforçará ainda operações em Campinas, Belo Horizonte, Recife, Cuiabá e Rio de Janeiro.

Com a consolidação dos novos protocolos de higiene e oferecendo alternativas a quem precisa se locomover entre cidades, a companhia retoma as suas operações em Guarulhos (SP), Marília (SP) e Maceió (AL), no dia 6 de julho; João Pessoa (PB) e Maringá (PR), no dia 13; e Porto Seguro (BA), no dia 21 de julho. Ao todo, a Azul deve operar 242 voos diários em dia-pico em julho, o que representa um acréscimo de 42% frente à malha que está sendo operada neste mês de junho. As passagens para os novos voos já estão disponíveis em todos os canais oficiais da companhia.

Incluindo a reabertura das seis bases, a Azul deve operar 23 novos mercados em julho, com destaque para as rotas inéditas Rio/Santos Dumont-Recife e Rio/Santos Dumont-Cuiabá, ampliando para oito o número de cidades servidas a partir do aeroporto carioca. Em Belo Horizonte, a companhia volta a oferecer ligações diretas para Guarulhos, Recife, Salvador, Brasília, Porto Seguro e Belém, chegando a cerca de 20 voos diários. O Recife terá voo direto para o Rio, Teresina, João Pessoa, Maceió, Guarulhos e Belo Horizonte, fazendo com que o centro de conexões do Nordeste chegue, em média, a 22 decolagens por dia. Já Manaus, no Estado Amazonas, norte do Brasil, volta a ser conectado com Belém do Pará e Porto Velho, enquanto Cuiabá receberá importantes incrementos para Campo Grande, Guarulhos e Rio.

Campinas, no Estado de São Paulo, principal base operacional da Azul, terá operações para Porto Seguro, Maringá, Sinop, Chapecó e Marília, além do aumento de capacidade nas descolagens para Bauru. A cidade do interior paulista, que tem recebido voos com as aeronaves modelo Cessna Grand Caravan, com capacidade para nove passageiros, passará a receber os bimotores turboélices ATR 72-600, que comportam até 70 pessoas. “Com as adições, o aeroporto campineiro terá 62 voos diários para 33 destinos, reforçando um dos principais diferenciais da Azul: a conectividade”, destaca um comunicado da companhia aérea.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica