Bem-vindo, !|Sair

Azul oferece trabalho a 100 pilotos em companhias da China

A Azul vai repassar até 100 pilotos de seus quadros para o Grupo HNA, que se tornou recentemente acionista da empresa e que é dono de vários companhias aéreas e empresas relacionadas com a aviação e aeroportos na China. A companhia brasileira informou os seus pilotos em um comunicado interno, ao qual o jornal ‘Valor Econômico’ teve acesso.

Refere a publicação brasileira especializada em temas económicos que os cerca de 1.700 pilotos da companhia aérea poderão se inscrever na seleção oferecida pela HNA, que ocorre em duas etapas: uma até o próximo dia 16 de março, e outra em abril. Os selecionados passarão por um treinamento, com despesas pagas pelo grupo chinês, e poderão trabalhar até até três anos, por meio de licença remunerada, numa das companhias aéreas do grupo – Tianjin Airlines, Lucky Air e Grand China Airlines são algumas delas.

A Azul lembra no comunicado que está reduzindo a sua capacidade, devolvendo 20 aeronaves ainda neste semestre, o que indica a necessidade de reduzir o quadro de pilotos. A empresa planeia fechar 2016 com um corte de 7% na capacidade de assentos na oferta disponibilizada.

A liberação dos modelos ocorre “na mesma linha” da licença não remunerada que a empresa ofereceu em fevereiro, segundo o comunicado. Na ocasião, a Azul anunciou que devolveria as aeronaves e, seguindo o corte de custos, deixaria os pilotos livres para “realizar projetos pessoais e/ou profissionais” em um prazo de seis a 24 meses. (LINK notícia relacionada)

1 Comments

  1. que rico negocio
    agora querem colocar os pilotos da Azul a voar na china.
    David Neleman,e um bom trapalhao, o governo do PSD+CDS,em Portugal ,fez um belo negocio.
    Davis , e homem que compra e vende companhias aerias.
    por este andar os chineses,estao a mandar na TAP.
    estes politicos deveriam pagar a porcaria que fazem.
    quem paga somos nos contribuintes.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica