B747-400 da China aterra em Caracas com medicamentos e material de Saúde

Chegou na tarde desta sexta-feira, dia 29 de março, ao Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Maiquetia, no Estado de Vargas, na Venezuela, o primeiro carregamento de medicamentos, produtos farmacêuticos e hospitalares que são importados da República da China, face ao que o Governo de Nicolas Maduro diz ser o embargo dos Estados Unidos da América e dos seus aliados ao Povo Venezuelano.

O vice-presidente e ministro da Economia, Tareck El Aissami, esteve presente na chegada do avião cargueiro, que, segundo anunciou o governante aos jornalistas, “desembarcou 75 toneladas de produtos médicos, entre os quais antibióticos para a rede ambulatória, protetores gástricos, medicamentos e analgésicos, entre outros”. Presentes na cerimónia estiveram também o embaixador da China em Caracas e outros funcionários diplomáticos.

O voo foi feito por um Boeing 747-400 da companhia chinesa Yangtze River Airlines, uma associada da Suparna Airlines para o transporte de carga aérea, companhias que integram o universo do Grupo HNA (Hainan Airlines). O avião, matrícula B-2435, descolou de Xangai, na China, e fez uma escala em Madrid (Espanha), de onde saiu pelas 10h27 desta sexta-feira com destino a Maiquetia, onde está situado o aeroporto que serve a cidade de Caracas, e onde pousou pelas 13h50 locais. No total, uma viagem de 21h16 (tempo do avião no ar) entre a cidade chinesa e a capital venezuelana.

Segundo disse aos jornalistas Tareck El Aissami, está prevista a chegada de outros voos provenientes da China com medicamentos e consumíveis médicos e hospitalares.

 

  • Fotos © Aeroporto de Maiquetia/INAC Instituto Nacional de Aviação Civil/Venezuela

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica