B777-200 da TAAG que sofreu ‘bird strike’ no Brasil já voltou a Luanda

Um Boeing 777-200 da TAAG – Linhas Aéreas de Angola que esteve três dias retido no Aeroporto de São Paulo/Guarulhos, no Brasil, devido à avaria, provocada por um ‘bird strike’ (sucção de uma ave por um dos motores), regressou a Luanda nesta terça-feira, dia 8 de janeiro.

O avião tinha aterrado em São Paulo no passado sábado, dia 5 de janeiro quando se verificou o incidente. Não se registaram quaisquer incidentes entre os passageiros e a avaria no avião limitou-se ao motor atingido pela ave, que foi intervencionado pelos técnicos de manutenção em Guarulhos e depois aprovado para levantar voo com destino a Luanda, onde chegou nesta terça-feira, com cerca de 200 passageiros a bordo. O avião deveria ter partido de São Paulo na noite do passado domingo, com chegada prevista a Angola na manhã seguinte.

Segundo o porta-voz da companhia estatal angolana, Carlos Vicente, citado pela agência noticiosa ‘Angop’, para evitar transtornos aos clientes, a TAAG incluiu os passageiros que tinham reserva para o domingo, dia 6, num outro voo que saiu de Lisboa nas primeiras horas de segunda-feira.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica