Bem-vindo, !|Sair

Boeing 737-800 da Jet2.com avariado será reparado na Madeira

O avião Boeing 737-800 (registo G-GDFC) da companhia britânica Jet2.com que embateu com a cauda na pista do Aeroporto Internacional da Madeira, no passado dia 17 de Fevereiro, vai continuar por mais alguns dias estacionado no aeroporto da ilha portuguesa.

Segundo conseguimos apurar junto de fontes aeroportuárias a companhia decidiu reparar o aparelho na Madeira, depois de ter feito o levantamento da situação, um trabalho em que estiveram envolvidos técnicos da Jet2.com e da própria Boeing, que se deslocaram para tal efeito.

O trabalho a seguir, possivelmente ainda durante esta semana, constará da substituição de algumas partes avariadas do aparelho, danificadas no impacto.

Um inspector do GPIAA – Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves, entidade portuguesa que tem à sua conta a investigação de incidentes e acidentes com aeronaves, esteve na Madeira nos dias seguintes ao incidente e produziu um primeiro relatório, cuja pretensão é de apenas informar sobre o acontecido. O GPIAA refere que o documento “tem carácter provisório e contém apenas um resumo dos acontecimentos, estando sujeito a alterações durante o processo de investigação”. Está disponível sob a forma de nota informativa no site da entidade (http://www.gpiaa.gov.pt/) desde o passado dia 24 de Fevereiro.

Em relação aos estragos sofridos pela aeronave refere o relatório do GPIAA: “Numa inspecção visual preliminar detectaram-se algumas deformações (esfolamento) da superfície exterior da fuselagem, um desgaste significativo do patim de cauda.

Uma inspecção mais minuciosa, efectuada pelos serviços de manutenção, revelou a existência de um dreno deformado e com desgaste por atrito com a superfície da pista, a estrutura interior da cauda com algumas escoras dobradas, sendo encontradas 5 fissuras em duas longarinas, e a escora diagonal fracturada.”

O avião, cujo comandante fazia a sua terceira aterragem na Madeira naquele posto e com aquele modelo de avião (embora com muita experiência no Aeroporto da Madeira com os Boeing 737-300, trazia a bordo 175 passageiros e sete tripulantes num voo proveniente do Aeroporto de Leeds/Bradford, no Reino Unido. Não se registaram quaisquer danos pessoais, além do natural susto que alguns passageiros passaram devido a uma pancada mais forte na pista, depois de um salto de 300 metros após um primeiro impacto no solo.

Este Boeing 737-800, número de série de fábrica 28 375, fez o seu primeiro voo em Agosto de 1998. Foi entregue novo à Transavia Airlines (Holanda), tendo passado já por diversas companhias e, pontualmente, em diversos verões, voltado a trabalhar para a companhia holandesa, segundo refere o registo da ‘Airfleets.net’. Desde Janeiro de 2011 que está pintado com as cores da Jet2.com.

 

  • O Boeing 737-800 da Jet2.com, avariado desde o dia 17 de Fevereiro, fotografado no estacionamento do Aeroporto Internacional da Madeira, onde aguarda uma equipa de manutenção que irá repará-lo no local. Foto de Filipe Valente Ferraz.

 

1 Comments

  1. Boa tarde!
    Segundo se diz será erigida uma tenda na parte traseira do avião durante o período de reparação e a aeronave deverá ficar no aeroporto da Madeira até finais de Abril.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica