Bem-vindo, !|Sair

Boeing 747-400 da British desmantelado em Joanesburgo

O Boeing 747-400 da British Airways, registo G-BNLL, que colidiu com a asa direita num edifício do Aeroporto Internacional Oliver Tambo, em Joanesburgo, na África do Sul, em Dezembro de 2013, foi desmantelado. Os trabalhos terminaram esta semana e as partes metálicas, depois de cortadas, seguem para reciclagem.

É o fim de um avião que durante mais de 23 anos esteve ao serviço da companhia britânica, com milhares de voos intercontinentais no seu currículo.

A ocorrência verificou-se no dia 22 de Dezembro de 2013 quando o avião se preparava para alinhar na pista de serviço para descolar com destino a Londres. Segundo a autoridade de aviação civil da África do Sul, o incidente verificou-se porque a tripulação do avião desrespeitou (ou entendeu mal) a ordem que lhe foi dada para seguir pelo caminho de circulação (taxiway) B de acesso à pista, tendo continuado pelo M, pelo qual apenas podem circular aviões de porte médio, com menor envergadura de asa.

Pois foi precisamente a asa que travou o percurso da aeronave, tendo colidido com o edifício de uma empresa de correio expresso, onde se encontravam quatro funcionários que sofreram pequenos ferimentos ocasionados pela queda de bocados do teto dos compartimentos onde estavam a trabalhar. A bordo, os 182 passageiros e 17 tripulantes nada sofreram.

Segundo o fórum digital de assuntos de aviação ‘AVcom.com.za’ da África do Sul, o ‘Jumbo’ nunca chegou a ser reparado. Feita a vistoria técnica a companhia ponderou custos e os anos de serviço da aeronave, pelo que se decidiu pelo seu desmantelamento.

Depois de um ano de espera, em que foram retirados já alguns componentes e acessórios importantes do aparelho, no início de 2015 o G-BNLL deu entrada nos hangares da empresa SAFAIR, em Joanesburgo, onde começaram a desmontar os aviónicos e cablagens. Depois saiu para uma zona reservada do aeroporto, onde, a céu aberto, a fuselagem começou a ser cortada. Na quinta-feira, dia 15 de Abril, já se encontrava praticamente aos bocados, Neste fim-de-semana estão a ser acondicionados em dois contentores para seguir para uma unidade de reciclagem de metal.

Assim acabou, sem glória, esta ‘Rainha dos Céus’. Embora se saiba que o destino dos aviões também é este, e é sempre bom registar que estes ciclos de atividade de uma aeronave se cumprem sem sobressaltos de maior, é sempre triste ver um avião desta envergadura trucidado pelas gigantescas tesouras mecânicas. Nos meios afetos à aviação, na África do Sul, e nomeadamente, no site referido, foi lembrado que a British Airways poderia ter doado a fuselagem a um parque ou a um município do país que o quisessem expor com pretensões didáticas ou, até mesmo, recreativas. Não foi esse o entendimento da companhia aérea britânica.

 

  • Publicamos em seguida, uma sequência fotográfica dos últimos tempos da existência do Boeing 747-400 G-BNLL. A foto de abertura desta matéria foi retirada da Wikipédia e mostra o avião em todo o seu esplendor no Aeroporto de Los Angeles, nos Estados Unidos da América. A primeira foto, em baixo, que regista o incidente da colisão com o edifício em Joanesburgo é da autoria do passageiro Harriet Tolputt e em Dezembro de 2013 surgiu em centenas de publicações em todo o mundo. As restantes imagens são de autores desconhecidos e foram retiradas do fórum ‘AVcom.za’.

BcH3dl4CEAApQNQ.jpg

 

BA JHB scrapped ABR2015_01 600px

 

BA JHB scrapped ABR2015_02 600px

 

BA JHB scrapped ABR2015_03 600px

 

BA JHB scrapped ABR2015_04 600px

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica