C-17 descolou de Cabul com 823 passageiros, confirma a Força Aérea dos EUA

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) confirmou nesta sexta-feira, dia 20 de agosto, que um único avião de transporte Boeing C-17 evacuou 823 pessoas  (640 adultos e 183 crianças) do Aeroporto de Cabul, no Afeganistão, descrevendo-o como um recorde.

No domingo, dia 15 de agosto de 2021, quando milhares de pessoas tentavam fugir de Cabul após a entrada dos Talibãs na cidade, surgiram relatos de que um avião de transporte C-17 Globemaster III com cerca de 800 pessoas a bordo tinha descolado do aeroporto da capital afegã. Uma notícia muito divulgada sobretudo nos canais de notícias internacionais e nas redes sociais, devido não só ao facto do aparelho ter voado superlotado, mas também ao facto de ter sido visível, em diversos documentos de vídeo que a aeronave saiu para a rolagem na pista de descolagem, com diversos jovens agarrados aos trens. Foi inevitável a tragédia e há notícia de que, por causa desses atos de desespero, tenham morrido, pelo menos, sete pessoas, três das quais caíram quando o aparelho militar ganhava os primeiros metros de altitude, e outra foi encontrada esmagada na cavidade de recolha do trem de aterragem, quando chegaram ao Qatar.

Imagem do interior do avião com os refugiados sentados em toda a área disponível, que foi divulgada pela Força Aérea dos Estados Unidos – © AMC/USAF.

Inicialmente, o Comando de Mobilidade Aérea (AMC) da USAF relatou que apenas 640 cidadãos afegãos tinham embarcado no avião. Contudo, nesta sexta-feira, dia 20, foi confirmado o número exacto, que ultrapassa as oito centenas de pessoas. O comunicado oficial surgiu em forma de tweet na rede social do AMC, e indica o número exacto de pessoas que seguiam a bordo do voo RCH871 que partiu do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul:

“A contagem inicial de 640 inadvertidamente incluía apenas adultos. 183 crianças também estavam a bordo”, explicou o AMC. “O número original baseava-se no número de lugares de autocarro preenchidos à partida do avião e não contabilizava o número de crianças a bordo”.

Em condições normais, este avião destina-se a transportar um máximo de 134 militares devidamente equipados. O AMC confirmou que o voo RCH871 constituiu um recorde em passageiros para o Boeing C-17 Globemaster III.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica