Christine Ourmières-Widener apresenta nova gestão da TAP na Madeira

A presidente executiva do Grupo TAP deslocou-se nesta quinta-feira, dia 19 de agosto, à ilha da Madeira, onde teve oportunidade de apresentar-se aos parceiros da companhia aérea portuguesa na Região Autónoma, nomeadamente, aos ligados ao turismo, hotelaria e agências de viagens, e teve  também um encontro com o secretário do Governo Regional da Madeira, que tutela os sectores de transportes e turismo.

Nas reuniões que realizou no Funchal com a direção da ACIF/CCIM – Associação Comercial e Industrial do Funchal/Câmara de Comércio e Indústria da Madeira e com a direção da APM – Associação de Promoção da Madeira, Christine Ourmières-Widener, fez-se acompanhar por Silvia Mosquera, que tem à sua responsabilidade toda a parte comercial da TAP Air Portugal; por Rita Tamagnini, diretora de Comunicação do Grupo TAP; e por Paulo Nóbrega, diretor de Operações de Terra da companhia de bandeira portuguesa nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Foram, sobretudo, reuniões para apresentação da nova equipa executiva da TAP e de primeira auscultação das necessidades do mercado, tendo em conta o momento de reestruturação e o futuro da companhia aérea no período pós-pandemia, após a recente nacionalização da TAP SGPS.

Imagem obtida na reunião da delegação da TAP com os membros da direção da Associação de Promoção da Madeira.

Segundo apurou o ‘Newsavia’, a nova equipa de gestão da TAP deixou excelente impressão entre o trade regional, tendo assumido uma atitude construtiva, colaborante e de grande humildade, quanto ao que poderá ser um relacionamento próximo e de grande cooperação com os parceiros regionais, todos empenhados na busca de soluções que possam facilitar as acessibilidades dos grandes centros urbanos para as ilhas (e vice-versa), nomeadamente do continente português e das cidades que geram maiores fluxos de turismo para a Madeira.

Por enquanto, e por que se trataram de reuniões exploratórias, ficou assegurado que a TAP manterá uma média de nove voos diários do continente português para o Aeroporto da Madeira, sendo sete de Lisboa e dois do Porto, situação que pode ser ajustada de acordo com a existência de maiores ou menores fluxos de reservas. Quanto a outras ligações regulares diretas para a Madeira que possam servir mercados da emigração e do turismo, os contatos surgirão logo que a companhia tenha o seu Plano de Reestruturação aprovado pela Comissão Europeia, numa posição mais cómoda para assumir maior risco.

Os participantes nas reuniões, quer da parte da ACIF, quer da APM, manifestaram a sua satisfação pela forma como as reuniões decorreram, frisando que se tratou da primeira vez, desde há muitos anos, que uma delegação de alto nível da TAP esteve na Madeira, procurando saber as necessidades da Região Autónoma, sem imposições ou planos construídos sem a audição dos interessados.

A este propósito, Nuno Vale, presidente executivo da APM, publicou um post na sua conta do ‘Linkedin’, em que agradece a visita da delegação da TAP à Madeira, destacando “a sua presença e a reunião produtiva, estando certos de irmos construir muitos sucessos futuros”.

Aquando da chegada à Madeira, nesta quinta-feira, dia 19 de agosto, a presidente executiva da TAP, Christine Ourmières-Widener, foi recebida no Aeroporto pelo secretário regional do Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, tendo trocado algumas impressões neste primeiro contato direto com a Região Autónoma (foto acima).

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica