Bem-vindo, !|Sair

Carenagem de motor de Boeing 737-800 da GOL soltou-se em pleno voo

Um avião Boeing 737-800 (registo PR-GGY) da companhia brasileira GOL – Linhas Aéreas Inteligentes teve de fazer hoje uma aterragem de emergência no Aeroporto Internacional António Carlos Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro, depois de ter sofrido um incidente em voo que, contudo, não colocou em perigo a segurança dos passageiros.

O aparelho, com 67 passageiros e seis tripulantes a bordo, tinha levantado voo do Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo e dirigia-se ao Aeroporto Santos Dumont/Rio de Janeiro. Acabou por aterrar no aeroporto principal da cidade carioca, por precaução, pois a pista de aterragem é maior e tem mais espaço de manobra. Tudo correu bem e o avião está agora entregue aos serviços de manutenção da companhia.

O incidente ocorreu em pleno voo e resultou do desprendimento das tampas do reactor (CFM56) do lado esquerdo do avião por questões que se desconhecem, confirmou a companhia. Comentadores nos sites e fóruns de aviação admitem que o incidente poderá ter sido causado por uma peça que se soltou ou pela acumulação de gelo na zona do motor.

Em nota distribuída à imprensa há poucas horas, a companhia aérea Gol informou que “a aeronave Boeing 737-800 que realizava nesta manhã o voo G3 1700, entre São Paulo/Guarulhos e Rio de Janeiro/Santos Dumont, pousou no aeroporto do Galeão em razão de uma carenagem – parte que cobre o motor – ter se soltado em voo. A aterragem e desembarque dos 67 passageiros transcorreram normalmente”.

Gol incidente 08MAR2014_02

  • As imagens foram publicadas hoje no site www.avherald.com de autor desconhecido. Na imagem acima são bem visíveis os estragos sofridos na parte exterior do reactor.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica