Bem-vindo, !|Sair

Companhia da Costa do Marfim anuncia nova rota para Angola

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) concedeu um financiamento de 115 milhões de euros à Air Côte d’Ivoire, a companhia aérea nacional da Costa do Marfim, para modernizar a sua frota e abrir novas rotas, afirmou a instituição financeira transnacional na semana passada.

O Conselho de Administração do BAD anunciou em comunicado que aprovou “um empréstimo de 98,06 milhões de euros e uma garantia parcial de riscos do Fundo Africano de Desenvolvimento de 17,06 milhões de euros em benefício da Air Côte d’Ivoire para permitir que a companhia aérea modernize e expanda a sua rede”.

Este financiamento faz parte de uma parceria público-privada no valor de 253 milhões de euros para desenvolver a companhia aérea nacional da Costa do Marfim, parceira do grupo europeu de aviação comercial Air France-KLM.

A Air Côte d’Ivoire pretende aproveitar este financiamento para abrir novas rotas para Nouakchott, na Mauritânia; Bangui, na República Centro-Africana e Luanda, em Angola. O projeto de desenvolvimento da companhia prevê a criação de 700 novos empregos até 2020, de acordo com o comunicado do BAD.

“Apesar do crescimento recente, o sector de transporte aéreo na África Ocidental e Central continua fraco, dificultando o crescimento económico e a integração regional”, refere a entidade. O financiamento obtido pela Air Côte d’Ivoire ajudará a “África Ocidental e Central a apanhar o resto do continente em termos de transporte aéreo”, diz o Banco.

O ministro dos Transportes da Costa do Marfim, Amadou Koné, reuniu recentemente, em Abidjan, com representantes de companhias aéreas africanas e pediu para reduzirem as suas tarifas, como forma de encorajar o crescimento do sector.

A Air Côte d’Ivoire vai transportar este ano 850 mil passageiros contra os 700 mil do ano passado, e planeia chegar aos 950 mil passageiros em 2018.

A empresa anunciou a aquisição de cinco novas aeronaves dentro de três anos para continuar sua expansão na África, onde já tem voos regulares para 20 capitais. A frota da Air Côte d’Ivoire integra quatro aeronaves Bombardier Q400, quatro Airbus A319 e dois Airbus A320.

A Air Côte d’Ivoire, que foi criada em 2012 após a falência da Air Ivoire, é propriedade de uma parceria público-privada, com maioria do Estado da Costa do Marfim em 58%. O restante capital distribui-se por privados: o fundo de investimentos Ivorian Goldenrod (23%), pela Air France (11%) e pelo Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (8%), segundo dados fornecidos pela empresa.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica