Consórcio constrói sistema de conectividade por satélite para a UE

A Comissão Europeia selecionou um consórcio de construtores de satélites, operadores e provedores de serviços e de telecomunicações para estudarem o desenho, desenvolvimento e lançamento de um sistema de comunicações espacial europeu.

O estudo servirá para avaliar a exequibilidade desta iniciativa que tem por objetivo incrementar a soberania digital europeia e proporcionar uma conectividade segura aos cidadãos, empresas e instituições públicas, assim como aumentar a cobertura de sinal, levando-o a zonas rurais e menos abrangidas pelos sinais de rede. Complementando o ‘Copernicus’ e o ‘Galileo’, este novo programa da União Europeia (UE) irá explorar as sinergias e semelhanças das indústrias digitais e espaciais. O contrato está avaliado em 7,1 milhões de euros para o projeto que se desenrolará durante um ano.

O sistema europeu de conectividade espacial, defendido pelo comissário Breton, irá proporcionar ligações seguras na UE e a todos os estados membros, assim como conectividade de banda larga para todos os cidadãos europeus, empresas e setores de mobilidade, reforçando a soberania digital no espaço territorial da União Europeia. Será construído com base no programa de conjugação e partilha de serviços de satélite GOVSATCOM, que assegurará um alto nível de fiabilidade, resiliência e segurança que não está ainda disponível no mercado.

Os membros deste consórcio são a Airbus, Arianespace, Eutelsat, Hispasat, OHB, Orange, SES, Telespazio e Thales Alenia Space, confirmaram na semana passada fontes comunitárias e das empresas envolvidas.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica