Contrato de venda de 61% da TAP SGPS será assinado no dia 24 de junho

O contrato entre o Estado Português e o consórcio Gateway vencedor da privatização de 61% do capital do grupo aéreo TAP SGPS será assinado no dia 24 de Junho, anunciou esta terça-feira, 16 de junho, o ministro da Economia, que fez votos para que isso permita terminar o “clima de insinuações” que se tem verificado na cena política portuguesa, nomeadamente com os partidos da oposição e com sindicatos e movimentos de cidadãos que se têm manifestado contra a alienação do capital público na TAP.

“O contrato entre o Estado português e o consórcio, agrupamento vencedor da TAP vai ser já assinado na próxima semana, no dia 24, quarta-feira, às 15 horas, e isto vem confirmar não só a celeridade deste processo, como espero, permita terminar com este clima de insinuações muito desagradável por parte de alguns partidos da oposição”, afirmou o ministro da Economia, António Pires de Lima, em declarações aos jornalistas em Sófia, na Bulgária, onde integra a comitiva do Presidente da República Portuguesa, presentemente em visita de Estado a este país europeu.

Como é de conhecimento público Governo Português anunciou na semana passada que decidiu vender 61% do capital do grupo TAP, dono das transportadoras aéreas TAP Portugal e PGA Portugália Airlines, ao consórcio Gateway, no qual estão associados o empresário português Humberto Pedrosa (51%) e o empresário norte-americano e brasileiro David Neeleman (49%), fundador e presidente da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

 

 

  • Todas as notícias sobre a privatização do Grupo TAP SGPS neste LINK

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica