Delta anuncia acordo com os pilotos e aquisição de 60 aviões

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O grupo Delta Air Lines anunciou que decidiu adquirir 20 aviões Embraer E190 usados e mais 40 aparelhos Boeing 737-900ER novos, o que acontece depois de um novo acordo de empresa com os cerca de 12.000 pilotos da companhia norte-americana, que será ratificado nesta quinta-feira, dia 11 de Junho, com a Associação de Pilotos de Linha Aérea (ALPA) dos EUA.

O novo contrato com os pilotos prevê mudanças nas bases salariais do pessoal de cockpit e uma revisão profunda no clausulado que passa a prever, a partir do início de 2016, ganhos adicionais de acordo com as margens de lucro do grupo Delta Air Lines.

O momento de paz laboral que se prevê para os próximos anos, nomeadamente a flexibilidade do binómio piloto/frota conseguida com a nova contratação, que inclui as linhas regionais e de ligação para os principais hubs da Delta nos EUA, criou condições excepcionais de desenvolvimento e expansão, fato que é assinalado hoje com grande destaque pelo presidente executivo (CEO) do grupo. Em declarações divulgadas esta manhã pela Delta, Richard Anderson, revela que a ALPA, em geral, e os pilotos das companhias agregadas no grupo, em particular, têm tido uma contribuição chave para a excelência do desempenho operacional e financeiro da Delta Air Lines.

O novo acordo está ainda sujeito a uma votação final dos próprios pilotos e a ser aprovado, como tudo leva a acreditar, terá validade até 31 de Dezembro de 2018. Também só depois desta votação é que a companhia executará a ordem de encomenda hoje anunciada.

A Delta Air Lines transporta anualmente cerca de 170 milhões de passageiros e foi nomeada este ano pela revista ‘Fortune’ como uma das 50 marcas mundiais mais prestigiadas, pela quarta vez em cinco anos. Lidera o negócio da aviação comercial nos EUA desde há quatro anos consecutivos.

As transportadoras Delta e Delta Connection voam para 335 aeroportos em 64 países nos seis continentes. Com sede em Atlanta (Estado da Georgia) emprega cerca de 80.000 pessoas e tem uma frota base de cerca de 700 aviões que realizam uma média de 15.000 voos por dia.

 

Os aviões Embraer, de fabrico brasileiro, são provenientes de uma outra companhia norte-americana e são hoje propriedade da Boeing. Têm poucos anos de serviço e serão totalmente redecorados de acordo com os parâmetros da Delta e colocados ao serviço nas linhas regionais. Terão 98 assentos na versão da companhia.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Sevenair Academy vai treinar pilotos cadetes nórdicos nas suas instalações em Ponte de Sor

A Sevenair Academy, escola portuguesa de pilotos e técnicos...

Governo de Angola contrata empresa britânica para elaborar o Plano Diretor da nova ‘Aerotropolis de Luanda’

A empresa britânica ‘Foster + Partners’ foi contratada pelo...

GOL apresenta “o mió da roça” em avião temático do Chico Bento 

Inspirada no personagem Chico Bento, a GOL Linhas Aéreas...

Centro Digital de Aviação em Portugal acelera a transformação digital e a inovação na TAP

‘Tata Consultancy Services’ estabelece um centro de excelência em...