Bem-vindo, !|Sair

Descida rápida de avião da Ryanair leva 33 ocupantes ao hospital

Cerca de três dezenas de passageiros foram assistidos em hospitais da cidade de Frankfurt, após uma aterragem de emergência de um avião Boeing 737-800 da Ryanair, no aeroporto de Frankfurt/Hahn, na tarde desta sexta-feira, dia 13 de julho.

Segundo relatos da imprensa alemã, baseada em declarações de entidades policiais e aeroportuárias, a aeronave que seguia viagem (voo FR7312) de Dublin (Irlanda) para Zadar (Croácia), sofreu uma inesperada avaria no sistema de pressurização na cabina, o que obrigou os pilotos a descerem rapidamente cerca de 11.000 metros.

A polícia contabilizou o transporte de 33 ocupantes do avião para unidades hospitalares que se queixavam de fortes dores de cabeça, náuseas e dores e sangramento dos ouvidos. O aparelho da Ryanair, companhia de baixo custo irlandesa, transportava 189 passageiros, disseram fontes aeroportuárias.

Os relatos conhecidos não dão uma versão concreta ou, eventualmente, correta, sobre o que se terá passado. Os inquéritos oficiais apurarão as causas.

Nas redes sociais os passageiros dizem ter ouvido um estrondo e logo o ar a bordo ficou muito frio e as máscaras de oxigénio caíram. O avião começou a descer com bastante inclinação, dizem ainda.

Um passageiro que seguia a bordo disse a um repórter da edição online da revista ‘Der Spiegel’ que “houve algum pânico no avião, mas no final todos permaneceram calmos”. “Para ser honesto, os pilotos da Ryanair fizeram um excelente trabalho, mas seria muito apreciado se eles anunciassem que este era um procedimento padrão nesta situação”, acrescentou o passageiro.

A Ryanair distribuiu no final desta sexta-feira um comunicado em que confirma que um avião da companhia divergiu para Frankfurt-Hahn “devido a uma despressurização a bordo” e informa que a descida foi realizada “de acordo com o procedimento padrão”.

Os passageiros receberam vouchers de bebidas e foram acomodados em hotéis, até embarcarem na manhã deste sábado, dia 14 de julho, num outro avião da Ryanair. A companhia pediu desculpas pelo inconveniente que esta situação provocou aos seus passageiros.

Quanto aos 33 passageiros que foram assistidos em hospitais de Frankfurt, no Estado da Renânia-Palatinado, na Alemanha, não há casos graves conhecidos. Desconhece-se se terão seguido viagem na manhã deste sábado para Zadar, onde se deslocavam em viagem de turismo.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica