Bem-vindo, !|Sair

Digressão mundial do Embraer E190-E2 foi um sucesso, anuncia a fábrica brasileira

O jato Embraer E190-E2, ostentando a pintura de um tubarão na fuselagem, completou a digressão mundial de demonstração de cinco meses, anunciou nesta sexta-feira, dia 7 de dezembro, a construtora aeronáutica brasileira.

Iniciada no Salão Internacional de Aviação de Farnborough, no Reino Unido, em julho deste ano, a digressão do jato E190-E2 passou por 39 países, sendo exibido para 120 empresas aéreas em 68 cidades, percorrendo mais de 125 mil milhas náuticas (200 mil quilómetros), ou o equivalente a quase seis voltas ao redor na Terra, em mais de 350 horas de voos de demonstração.

Além de estar presente em Farnborough, o jato esteve na 12ª Exposição Internacional de Aviação & Aeroespacial da China, na cidade de Zhuhai, e no evento ‘ALTA Leaders Forum’, na Cidade do Panamá, além de visitar empresas aéreas nas Américas, Europa, Oriente Médio, África, China e na Ásia-Pacífico.

Durante a turnê, o E190-E2 realizou pousos em alguns aeroportos que apresentavam diversos desafios operacionais, como pistas curtas, a exemplo de London City, na capital britânica, e em grandes altitudes, como no Tibete e no Nepal. Além disso, a aeronave visitou pontos extremos do planeta, como o Kiribati, na Oceânia.

“O objetivo principal era demonstrar às companhias aéreas as características que tornam o E190-E2 um avião único na categoria”, disse Rodrigo Silva e Souza, Diretor de Marketing da Embraer Aviação Comercial, em comunicado distribuído em São José dos Campos, no Estado de São Paulo, sede da fábrica de aviões brasileira.

“A turnê permitiu que as empresas aéreas vissem o que o E190-E2 pode oferecer em termos de desempenho operacional, mantendo o mesmo espaço na cabine de passageiros que consagrou a primeira geração de E-Jets”, acrescenta Rodrigo Silva e Sousa que destaca o facto da viagem de cinco meses à volta do mundo ter decorrido “sem interrupções, com uma operação sem falhas e 100% de disponibilidade do E190-E2”.

 

Avião mais eficiente e flexível com grandes economias

O E190-E2 é o primeiro de três novos E-Jets E2s que a Embraer está desenvolvendo para suceder aos seus E-Jets da primeira geração. Comparado com a primeira geração do E190, o E190-E2 oferece uma redução de 17,3% em termos de consumo de combustível e quase 10% menos que o concorrente direto. Isso a torna a aeronave mais eficiente de corredor único no mercado. O E190-E2 traz mais flexibilidade com alcance máximo de até 5.300 km, ou cerca de 1.000 km a mais do que o E190 de primeira geração. O E190-E2 também oferece economias significativas para as companhias aéreas em termos de custos de manutenção, com uma redução de até 25%.

A aeronave possui os maiores intervalos de manutenção, com 10.000 horas de voo para verificações básicas e sem limite de calendário na utilização típica de E-Jets. Isso significa 15 dias adicionais de utilização de aeronaves em um período de dez anos.

Do ponto de vista do passageiro, a cabine do E2 apresenta uma confortável disposição de dois assentos de cada lado do corredor. A ausência do assento no meio permite que os passageiros tenham uma experiência de voo agradável, com mais espaço para as pernas e para armazenamento de bagagem.

A Embraer é a principal fabricante mundial de jatos comerciais com até 150 assentos. A empresa possui 100 clientes de todo o mundo operando as famílias de aeronaves ERJ e de E-Jets. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registou quase 1.800 pedidos firmes e 1.400 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais. Hoje, os E-Jets estão voando na frota de 70 clientes em 50 países.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica