Bem-vindo, !|Sair

Dois Tu-142 Bear russos voam próximo do porta-aviões USS Reagan


 

No dia 27 de Outubro, o USS Ronald Reagan, que navegava em águas internacionais ao largo da Península da Coreia, fez descolar quatro caças F/A-18 Hornet após dois Tu-142 Bear da Marinha russa terem voado a menos de uma milha do porta-aviões nuclear. Os quatro caças escoltaram os Tu-142, um avião anti-submarino (ASW), versão do icónico bombardeiro estratégico Tu-95 Bear, para longe do navio de guerra norte-americano.

Não foi a primeira vez que aviões militares russos rondam um navio americano. Em 2008, o USS Nimitz navegava no oceano Pacífico quando teve de fazer deslocar alguns Hornet para interceptar e escoltar dois Tu-95 que se aproximavam do porta-aviões. Mais recentemente, em Abril de 2014, um Su-24 Fencer fez várias passagens a 500 pés de altitude (152 metros), a 1000 jardas (914 metros) do USS Donald Cook, um destroyer da US Navy a operar no Mar Negro. Um comportamento que o comandante do navio considerou “provocador e inconsciente de acordo com os acordos internacionais”. No dia 3 de Março de 2015, caças russos Su-30 e Su-24 da frota do Mar Negro baseada na Crimeia levaram a cabo ataques aos navios de guerra da NATO no Mar Negro para “praticar penetração de sistemas anti-aéreos”.
Foto: André Garcez/NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica