Emirates cria ponte aérea humanitária entre o Dubai e a Índia

A Emirates criou uma ponte aérea humanitária entre o Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e a Índia para transportar itens médicos e de socorro urgentes, para apoiar a Índia na luta para controlar a grave situação criada pela pandemia de covid-19 no país, anunciou a companhia aérea árabe.

A Emirates oferecerá capacidade de carga gratuita “conforme disponível” em todos os seus voos para nove cidades na Índia, para ajudar as organizações não-governamentais (ONG) internacionais a entregar equipamentos de socorro rapidamente onde for necessário.

Nas últimas semanas, a Emirates SkyCargo já transportou medicamentos e equipamentos médicos em voos regulares e de carga para a Índia. Esta última iniciativa de ponte aérea eleva o apoio da Emirates à Índia e à comunidade de ONG’s a um outro nível.

Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e diretor-geral executivo da Emirates, refere: “A Índia e a Emirates estão ligadas, desde dos nossos primeiros voos para a Índia em 1985. Apoiamos o povo indiano e faremos tudo o que pudermos para ajudar a Índia a conseguir reerguer-se. A Emirates tem muita experiência em esforços de ajuda humanitária e, com 95 voos semanais para 9 destinos na Índia, oferecemos capacidade regular e confiável para materiais de socorro. A Cidade Humanitária Internacional (IHC) no Dubai é o maior centro de ajuda de crise do mundo e trabalharemos em estreita colaboração com eles para facilitar o movimento de fornecimentos médicos urgentes. ”

O primeiro envio como parte da ponte aérea humanitária Emirates-Índia é uma remessa de mais de 12 toneladas de contentores multifuncionais da Organização Mundial da Saúde (OMS), com destino a Delhi, e coordenada pelo IHC no Dubai.

A divisão de carga da Emirates tem uma parceria estreita com a IHC, desenvolvida ao longo de vários anos no fornecimento de materiais de socorro a comunidades em todo o mundo afetadas por desastres naturais e outras crises. A IHC apoiará a Emirates SkyCargo na canalização de esforços de socorro para a Índia por meio da ponte aérea.

Após as explosões do porto de Beirute, no Líbano, em agosto de 2020, a Emirates também aproveitou a sua experiência em logística humanitária para estabelecer uma ponte aérea para o Líbano para auxiliar nos esforços de socorro.

A Emirates liderou a indústria de aviação e carga aérea nos seus esforços para ajudar os mercados em todo o mundo a combater a pandemia de covid-19. A transportadora de carga aérea ajudou a transportar milhares de toneladas de equipamentos necessários com urgência e outros abastecimentos médicos em seis continentes no ano passado, adaptando rapidamente o seu modelo de negócios e introduzindo capacidade de carga adicional por meio de seus aviões modificados com assentos removidos da Classe Económica do Boeing 777, aviões de passageiros 300ER junto com o carregamento de carga nos lugares e nos compartimentos superiores dentro do avião de passageiros para transportar os materiais necessários com urgência.

Além disso, a Emirates SkyCargo fez parceria com a UNICEF e outras entidades no Dubai pela ‘Dubai Vaccine Logistics Alliance’, para transportar vacinas contra a covid-19 rapidamente para países em desenvolvimento através do Dubai. Até agora, cerca de 60 milhões de doses de vacinas COVID-19 foram transportadas em voos da Emirates, o que equivale a quase 1 em 20 de todas as doses de vacinas administradas em todo o mundo.

Por meio dos seus voos de carga programados para cerca de 140 destinos em seis continentes, a Emirates ajuda a manter cadeias de fornecimentos ininterruptas para equipamentos vitais, como fornecimentos médicos e alimentos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica