Emirates enumera iniciativas importantes para a recuperação do sector em 2021

A Emirates, companhia aérea de serviço global, com sede no Dubai, Emirados Árabes Unidos, anunciou esta semana que fez progressos visíveis no seu plano de recuperação pós-pandemia, tendo conseguido recuperar a sua rede de ligações para 128 cidades e iniciado uma nova rota para Miami (EUA) em julho.

Em jeito de balanço, e num comunicado distribuído à imprensa mundial, a companhia árabe, que detém a maior frota de aviões de longo curso no mundo, assinala que no final de 2021, todos os 133 aviões Boeing 777 e cerca de 60 aviões da frota de Airbus A380 (o maior avião de transporte de passageiros ao serviço das companhias aéreas) estavam a operar e permitiram a conexão entre passageiros e os seus familiares, empresas e oportunidades globais. Além disso, mais de 120 lounges da Emirates e de parceiros reabriram para receber e servir passageiros premium e passageiros frequentes da Emirates.

A Emirates destaca sete acontecimentos resultantes da sua atividade em 2021, que contribuíram para a recuperação da indústria, apoio a comunidades, e ainda para a melhoria das condições de viagem dos passageiros.

  1. Facilidade e confiança nas viagens: Em 2021, a Emirates alargou as apólices de reserva, o prazo das Milhas do programa de Passageiro Frequente e do respetivo tier status, bem como assegurou cobertura médica para a covid-19 de forma gratuita a todos os passageiros. O site emirates.com continua a ser uma referência para a consulta dos requisitos de viagem mais recentes, sendo atualizado pelo menos uma vez por dia com informações verificadas pelas equipas locais da Emirates em toda a sua rede. A Emirates também desenvolveu iniciativas digitais com o objetivo de proporcionar aos passageiros viagens mais descomplicadas e seguras – tendo sido a primeira companhia aérea a implementar a solução IATA Travel Pass em toda a sua rede em seis continentes. Por outro lado, a companhia aumentou o número de pontos contactless no aeroporto do Dubai através de uma parceria com a aplicação Al Hosn (o canal oficial de testes covid-19 para o Ministério da Saúde e Prevenção dos Emirados Árabes Unidos), de modo a permitir uma verificação digital rápida e segura de todos os documentos de viagem impostos pela covid-19.
  2. Investimento e inovação: Em janeiro, a Premium Economy da Emirates foi oficialmente anunciada, tendo registado uma resposta extremamente positiva por parte do mercado. Em novembro, a companhia aérea anunciou um importante programa de reequipamento aplicável a 105 aviões, que contarão com a mais recente tipologia de assentos e interiores de cabina para garantir que a experiência da Emirates continua a ser a melhor do mundo. Por forma a inspirar os passageiros a explorarem e redescobrirem as opções de viagem da Emirates, a companhia aérea lançou uma campanha  que conta com uma atriz no papel de tripulante de cabina da Emirates no topo do ‘Burj Khalifa’, o edifício mais alto do mundo, na cidade do Dubai. A companhia anunciou ainda a primeira app de realidade virtual na loja ‘Oculus’, oferecendo aos passageiros uma experiência imersiva do que podem usufruir a bordo
  3. Parcerias: Permitindo aos passageiros que viajem para ainda mais destinos, a Emirates estabeleceu parcerias interline e codeshare com companhias aéreas de todo o mundo, entre elas a TAP Air Portugal, Aeromar, Air Baltic, Airlink, Azul, Cemair, Garuda, Gulf Air e South African Airways. Reforçou também parcerias estratégicas existentes com a Qantas e a Flydubai. A companhia assinou ainda acordos e lançou iniciativas de apoio ao turismo nas Seicheles, Maldivas, Indonésia e Costa Rica.
  4. Apoio às comunidades globais: de modo a assegurar a várias comunidades o rápido acesso a vacinas contra a covid-19 e outros materiais médicos, a Emirates contribuiu para a formação da Aliança Logística da Vacina do Dubai e assinou um Memorando de Entendimento com a UNICEF para dar prioridade ao transporte de vacinas para a iniciativa COVAX, que trabalha para a distribuição equitativa de vacinas contra a  covid-19. Até dezembro, a Emirates já tinha transportado 600 milhões de doses de vacinas em voos para mais de 80 destinos, que é um dos maiores volumes transportados a nível mundial por qualquer transportadora aérea de carga. Em maio, a companhia estabeleceu uma ponte aérea humanitária para apoiar a Índia na sua resposta à pandemia. A Emirates encetou programas de incentivo à vacinação entre os seus funcionários, motivando-os a protegerem a si mesmos e às suas comunidades, o que permitiu um regresso seguro à normalidade. Em fevereiro, a companhia realizou um voo especial operado por funcionários totalmente vacinados com o objetivo de chamar a atenção para a importância da vacinação e mostrar o sucesso de vacinação dentro da campanha e dos Emirados Árabes Unidos (EAU).
  1. Sustentabilidade: A Emirates estabeleceu uma parceria com a ‘Falcon Aircraft Recycling and Wings Craft’ num projeto pioneiro para reciclar o primeiro avião A380 inteiramente nos EAU, reduzindo os resíduos do seu aterro e o impacto ambiental. A companhia anunciou também, durante o ‘Dubai Airshow’, uma iniciativa levada a cabo com a GE Aviation para realizar um voo-teste totalmente abastecido com combustível sustentável de aviação (SAF) num dos seus aviões Boeing 777. A Emirates é um membro ativo da coligação ‘Clean Skies for Tomorrow’ do Fórum Económico Mundial que apoia uma transição para SAF como parte da mudança do paradigma para voos neutros em termos de carbono.A companhia tem também várias iniciativas em curso para reduzir as emissões de combustível e assegurar a utilização responsável de recursos. Isto inclui a sua utilização de mantas sustentáveis feitas de garrafas de plástico 100% recicladas na Classe Económica, e os mais recentes nécessaires com artigos feitos de materiais sustentáveis, nomeadamente palha de trigo e papel de arroz.
  1. O futuro da aviação: A ‘Emirates Flight Training Academy’ formou em 2021 o seu 50º cadete. Em outubro, a Emirates acolheu os stakeholders estratégicos para a segurança global da aviação no 5º Simpósio Global AVESEC, onde partilhou as melhores práticas de reforço de capacidades em tempos de pandemia. A Emirates também investiu no apoio aos programas ‘Intelak’ e ‘Aviation X-lab’ – incubadoras de programas centrados em soluções futuras para viagens e aviação.
  2. Expo 2020 Dubai: Este megaevento abriu em outubro e regista já 8 milhões de visitas, à medida que pessoas de todo o mundo lá se dirigem para conhecer a exposição mundial. Aqui, celebra-se a realização humana e  conhecem-se soluções inovadoras para o futuro do Humanidade e do mundo. Através de várias iniciativas, incluindo programas de incentivo de visita de pequenas e médias empresas, a Emirates continua a levar o mundo à Expo no Dubai. A participação da companhia aérea no Pavilhão da Emirates conta com a exposição de futuros conceitos de tecnologia aeronáutica.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica