Emirates reforça número de voos para a África do Sul – A380 regressa em outubro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Emirates anunciou nesta quarta-feira, dia 8 de setembro, o reforço das suas operações para a República da África do Sul, aumentando para 28 o número de voos semanais desde o seu hub na cidade do Dubai. Revelou também que pretende retomar a parceria com a South African Airways (SAA) e outras três companhias aéreas regionais, o que permitirá à empresa do Golfo Pérsico servir 79 destinos em território sul-africano.

Trata-se da maior operação da companhia dos Emirados Árabes Unidos para aeroportos da África do Sul desde o início da pandemia, que visa levar mais sul-africanos a visitar o Dubai, e através do hub internacional do Dubai cativar mais passageiros para a rede da Emirates que oferece mais de 120 destinos globais.

 

Airbus A380 fará dois voos diários entre o Dubai e Joanesburgo a partir de janeiro de 2022

Assim, a partir do final do próximo mês de outubro, a Emirates realizará dois voos diários para Joanesburgo, incluindo a introdução do Airbus A380 num dos voos, para além dos serviços diários tanto para a Cidade do Cabo como para Durban. As novas frequências e aumentos de capacidade são efetivos a partir de 31 de Outubro de 2021.

A partir de 1 de Janeiro de 2022, a Emirates colocará o icónico Airbus A380 nos dois voos diários de para e de Joanesburgo.

A expansão da programação de voos da Emirates para a África do Sul vem dar resposta a um aumento da procura dos clientes para o Dubai, uma vez que os vistos turísticos foram abertos para todas as nacionalidades, para além da flexibilização das restrições em alguns destinos que permitem agora a entrada livre de quarentena dos sul-africanos. A Emirates também estão firmemente empenhada em apoiar a recuperação da indústria turística da África do Sul, facilitando uma maior conectividade para os visitantes internacionais no país.

 

Reabertura da SAA assinala a retoma de uma parceria muito importante para a Emirates

Com a retoma das operações da South African Airways (SAA) no próximo dia 23 de setembro, os Emirados Árabes Unidos estão determinados a reavivar a sua parceria estratégica e de cooperação com a transportadora aérea de bandeira do país. A parceria Emirates-SAA data de 1997, e foi o primeiro acordo de codeshare de sempre da companhia árabe com outra transportadora aérea. Antes da pandemia, a parceria desenvolveu-se para incluir uma rede conjunta complementar de 110 destinos, horários optimizados que ofereciam maior conectividade aos clientes, bem como transferências de bagagem e benefícios recíprocos de passageiro frequente.

Desde o início da sua cooperação estratégica, cerca de 370.000 passageiros beneficiaram da parceria entre os Emirados e a SAA. Com a conveniência do cliente em mente, estão em curso planos para expandir mais uma vez a capacidade de reservar voos de ligação em ambas as transportadoras dentro de um itinerário.

Com o relançamento da parceria SAA, os Emirados estão a reforçar a sua presença em toda a África do Sul e Austral para quatro parcerias de interline e codeshare, incluindo as companhias Airlink, Cemair e FlySafair, impulsionando o mapa de rotas da companhia aérea com 79 cidades adicionais através desses acordos, oferecendo aos seus clientes mais voos, maior acesso a destinos regionais, e uma melhor experiência quando viajam.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...