Ryanair integra voo Madrid-Lisboa-Madrid na programação de Inverno

A Ryanair incluiu a rota Madrid-Lisboa na sua programação para a próxima temporada de Inverno IATA (outubro de 2021 a março de 2022) anunciada nesta quarta-feira, dia 8 de setembro, na capital espanhola.

O programa de Inverno da companhia de baixo custo irlandesa a partir do Aeroporto Adolfo Suárez/Barajas-Madrid arranca com um total de 52 rotas, incluindo sete novas rotas que ligam a capital espanhola a mais destinos europeus a partir de outubro, e nas quais se inclui Lisboa.

Trata-se de um concorrente importante na rota entre as duas capitais ibéricas, onde estão presentemente a TAP Air Portugal, a Iberia, a Air Europa e a EasyJet. Não obstante a grande concorrência de outras companhias aéreas, nomeadamente das de baixo custo, os responsáveis da TAP, em 2018 e 2019, afirmavam que Lisboa-Madrid-Lisboa era uma das melhores rotas da companhia portuguesa em termos de receita.

Os voos da Ryanair para Lisboa serão feitos com aviões baseados na capital espanhola. A companhia anunciou em agosto passado o aumento da operação em Portugal, em todos os aeroportos onde opera, no próximo Inverno. Em Lisboa, em cuja base passarão a estar baseados sete aeronaves Boeing 737-800 serão abertas neste Inverno 21 novas rotas (LINK notícia relacionada). Madrid não estava nessa programação. Passou a estar com base em Barajas.

“À medida que o transporte aéreo espanhol regressa aos níveis de atividade pré-crise, a Ryanair continua a liderar o tráfego, a recuperação do turismo e o emprego em Espanha”, diz a companhia em comunicado.

Os clientes espanhóis da Ryanair e os turistas europeus podem agora reservar uma escapadela de Outono, voando com as tarifas mais baixas para diversos destinos domésticos, com destaque para as ilhas Canárias.

As novas rotas da Ryanair à partida do Aeroporto Adolfo Suárez/Barajas-Madrid, além de Lisboa, são : Agadir (Marrocos), Bordéus (França), Bristol (Reino Unido), Kaunas (Lituânia), La Palma (Canárias/Espanha) e Turim (Itália)

Eddie Wilson, diretor executivo da Ryanair, na apresentação da nova programação, nesta quarta-feira, em Madrid, disse que “sendo a maior companhia aérea espanhola, a Ryanair está empenhada na recuperação da indústria do turismo, emprego e conectividade de Madrid, à medida que crescemos em toda a Europa e trazemos as viagens aéreas de volta aos níveis pré-crise”.

A Ryanair receberá 55 novos aviões Boeing 737-8200 ‘Gamechanger’ (a designação que o Grupo Ryanair adoptou para os 210 aparelhos B737 MAX 8 encomendados) neste Inverno. Isto ajudará a impulsionar o tráfego aéreo espanhol, liderado pela Ryanair, que irá recuperar fortemente, operando voos a partir de Madrid para 52 destinos em 20 países diferentes.

O presidente executivo da Ryanair sugeriu que “à medida que a confiança dos consumidores se recupera, a AENA e o Governo espanhol devem reduzir as taxas aeroportuárias excessivas que estão a prejudicar a competitividade dos aeroportos nacionais contra os seus pares europeus”.

“A redução das taxas nos aeroportos espanhóis e a introdução de incentivos a longo prazo para a recuperação do tráfego aéreo facilitaria uma rápida recuperação do turismo e do emprego graças às baixas tarifas da Ryanair e ao nosso plano de crescimento para os próximos anos”, acrescentou Eddie Wilson.

Para celebrar o calendário de Inverno, a companhia aérea lançou uma oferta de lugares com voos a partir de 19,99 euros, para viagens até ao final de novembro de 2021. Esta promoção estará disponível até à meia-noite da próxima sexta-feira, dia 10 de setembro.

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica