FAB contrata B767-300ER para apoio logístico às Forças Armadas

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Força Aérea Brasileira (FAB) contratou a locação (leasing) de um Boeing 767-300ER para apoio logístico, com validade de três anos, já a contar desde a passada quarta-feira, dia 8 de junho.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira, dia 9 de junho, durante a solenidade de comemoração do Dia do Correio Aéreo Nacional (CAN) e do Dia da Aviação de Transporte, realizada na Base Aérea dos Afonsos (BAAF), no Rio de Janeiro, pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato .

O contrato de locação com a empresa brasileira ‘COLT – Transporte Aéreo, S. A.’ foi assinado na cidade de Washington, Estados Unidos da América, e envolve uma verba no valor de 19.777 milhões (19,7 bilhões) de dólares, tem duração de três anos, prorrogável por mais um, e inclui a manutenção e o seguro da aeronave.

A aeronave deverá chegar ao Brasil em julho e será operada pelo Esquadrão Corsário (2º/2º GT), sediado no Rio de Janeiro. A intenção é utilizar o novo avião já durante os Jogos Olímpicos em agosto.

O processo de licitação foi iniciado em abril e realizado pela Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB) em conjunto com o Centro Logístico da Aeronáutica (CELOG) e a Comissão Aeronáutica Brasileira (CABW) nos Estados Unidos.

“A locação é emergencial e provisória, sendo considerada neste momento, a modalidade mais vantajosa para o país. O processo obedeceu aos preceitos da Lei 8.666 e foi realizado nos Estados Unidos porque lá existe maior oferta de aeronaves deste tipo. É um projeto importante para a FAB e para o Brasil”, afirmou o Brigadeiro André Luiz Fonseca e Silva, chefe do CELOG.

O contrato já foi publicado no Diário Oficial da União de quinta-feira, dia 9 de junho.

 

Avião será utilizado para transporte de delegações e contingentes militares

O Boeing 767-300ER permitirá à FAB cumprir, com mais eficiência, as diversas atividades determinadas pelo Ministério da Defesa, tais como a troca do contingente militar brasileiro que atua nas missões de paz no Haiti e no Líbano, o eventual transporte de delegações e contingentes militares nos Jogos Olímpicos Rio 2016, resgate de nacionais em áreas de conflito, atividades científicas e humanitárias, além de outras missões que exijam o apoio das Forças Armadas.

“Essa é uma aeronave estratégica para a FAB. Ela vai ampliar a liberdade e a autonomia de transporte intercontinental de pessoal e carga, com menor custo e maior rapidez, de acordo com os interesses da nação brasileira”, afirmou o Brigadeiro Fonseca.

O Boeing 767-300ER tem capacidade para 254 passageiros e 43,8 toneladas de carga (payload). Com custo de manutenção mais baixo que o C -130 Hércules, o 767 pode voar, por exemplo, de Tóquio a Brasília com apenas uma escala.

A nova aeronave vai substituir os KC-137 (Boeing 707), desativados em junho de 2013, após 27 anos de operação na FAB.

 

Avião militar com apólice de seguro?

Há um pormenor contudo que a notícia da Agência da Força Aérea Brasileira não esclarece devidamente: sendo este Boeing 767-300ER uma aeronave que vai estar ao serviço de uma instituição militar, como pode usufruir de um seguro, sabendo que não há esse tipo de apólices para aviões militares? Admite-se que possa a vir a ser operado pela COLT, por isso ter sido intermediária no negócio, e requisitado para transportes de forças militares ou de cariz humanitário desde que o avião não se aproxime de zonas de conflito. Falta explicar melhor esta matéria dos seguros.

 

  • Na imagem vemos um Boeing 767-300ER (KC 767 na designação militar) ao serviço da Força Aérea Colombiana. Foto © Agência da Força Aérea do Brasil/Sargento Rezende

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal retomou rota direta entre a Venezuela e a ilha da Madeira

– Cerimónia oficial e decoração a preceito na zona...

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...