G Air vendida a grupo internacional de formação aeronáutica

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A escola de aviação portuguesa G Air (denominada internacionalmente por G Air Training Centre) foi comprada pelo grupo multinacional ‘L3 Commercial Training Solutions (L3 CTS)’ que é líder mundial em soluções de formação e treino para pilotos e mecânicos aeronáuticos.

Os funcionários do Grupo GAir já receberam uma mensagem de correio electrónico do presidente executivo da L3 CTS, Robin Glover-Faure, em que este anuncia ter tomado o controlo da escola, que tem instalações modelares no Aeródromo Municipal de Ponte de Sôr, no Alto Alentejo.

A mensagem de Glover-Faure destaca a qualidade do treino e grande experiência da escola portuguesa e diz estar confiante no potencial que a G Air acrescentará no futuro ao crescimento da L3 CTS.

A ‘L3 Commercial Training Solutions’ afirma-se líder mundial em soluções de treino para pilotos e para mecânicos aeronáuticos num largo espectro de plataformas comerciais. A sua atividade inclui a formação em academias de pilotos e de pessoal ao serviço de companhias aéreas; seleção, formação e treino de pessoal de cabina; e gestão de centros de treino de alta performance, equipados nomeadamente com simuladores da mais moderna tecnologia.

A companhia tem sede em Crawley, na Inglaterra, e tem centros de treino em Southampton, Bournemouth e Coventry no Reino Unido; nos estados do Minnesota e da Florida, nos EUA; Hamilton, na Nova Zelândia; e Banguecoque, na Tailândia. Agora junta-se Portugal, com as instalações no Aeródromo de Ponte de Sôr.

A companhia matriz deste grupo internacional, a ‘L3 Technologies’, tem sede na cidade de Nova Iorque (EUA) e emprega, em todo o mundo 38.000 profissionais. É uma importante fornecedora de equipamentos de comunicações, electrónica e sistemas de rastreio utilizados em operações militares, segurança pública e plataformas comerciais. Tem ainda um departamento que lida com sistemas aeroespaciais, de segurança interna e de detecção de outros sistemas intrusivos, bem como de treino de pilotos. No ano de 2016 a ‘L3 Technologies’ registou vendas no valor de 10,5 mil milhões de dólares.

O Grupo G Air é herdeiro da Escola de Aviação Aerocondor, fundada em 1979 pelo coronel Vítor Brito no Aeródromo Municipal de Cascais, nos arredores de Lisboa. Ao longo de mais de 35 anos de experiência no sector da Aviação Civil, treinou e formou milhares de Pilotos, Técnicos de Manutenção Aeronáutica e outros profissionais do ramo, que hoje se encontram a trabalhar nas mais diversas companhias aéreas.

Em 2013, tornou-se parte do Grupo G Air, que foi adquirido pelo empresário português Carlos Saraiva, integrando um projeto com um investimento superior a 50 milhões de euros, e uma forte ambição de ajudar a desenvolver a nova geração de pilotos, oferecendo formação de excelência e instalações de topo, num ambiente multicultural. Neste centro de formação e treino de pilotos passaram, nos últimos quatro anos, cerca de 400 alunos de 30 países, segundo disse Carlos Saraiva, nas conferências do ‘Portugal Air Summit’, realizadas em maio passado.

No Aeródromo Municipal de Ponte de Sôr, o grupo construiu um dos maiores centros de formação de pilotos do mundo, com mais de 24.000 metros quadrados, uma pista de 1.800 metros com ILS (Instrument Landing System) e parcerias com alguns dos maiores players de aviação a nível mundial, tornando-nos o centro de treino aprovado para a Jeppesen Boeing, a IATA e a Emirates Aviation College.

Há cerca de um ano, o Grupo G Air assinou um acordo de parceria com a EasyJet para treino de pilotos. A ‘L3 Commercial Training Solutions’ é também a responsável pelo centro de treino da companhia de baixo custo europeia, localizado na Inglaterra.

 

  • Fotos: André Garcez

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...