‘Galaxy Note 7’ proibidos nos EUA – Proibição foi assumida por companhias europeias

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Votação Newsavia - Startup Madeira Innovation Awards 2016O Departamento de Transportes dos Estados Unidos da América anunciou na sexta-feira, dia 14 de outubro, que os ‘Samsung Galaxy Note 7’, quando ligados, desligados ou, mesmo, desmontados estão proibidos de viajar em aviões comerciais. E antes, que alguém contraponha argumentos para transportar o seu telefone portátil dessa marca, a entidade ameaça que quem desobedecer à determinação governamental sujeita-se a ser acusado perante as instâncias judiciais e a ver confiscado o equipamento.

O transporte do ‘Galaxy Note 7’ já estava proibido desde há algumas semanas, nas bagagens de porão dos passageiros, assim como de estar ligado durante os voos. Agora com a recente decisão da Samsung de recolher todos os aparelhos desse modelo, a FAA, autoridade de aviação civil dos EUA, decidiu propor às autoridades que o telefone seja banido de vez.

Os ‘Galaxy Note 7’ apresentaram graves problemas de sobreaquecimento das baterias provocando focos de incêndio e pequenas explosões, alguns dentro de aviões comerciais, como tem sido referenciado pela imprensa internacional nos meses recentes.

O Departamento de Transportes dos EUA, na comunicação distribuída na sexta-feira, dia 14 de outubro, e na qual anuncia a proibição, diz que está certa das perturbações que esta decisão pode causar aos utentes das linhas aéreas, mas explica que se viu obrigado a tomar esta atitude, dado que o eventual incêndio de um telefone móvel a bordo de um avião pode colocar em perigo centenas de vidas.

 

Entretanto, neste sábado, dia 15 de outubro, sabe-se que outros países estão a estudar a possibilidade de proibir também o embarque de aparelhos ‘Samsung Galaxy Note 7’. Algumas companhias já se adiantaram a uma eventual proibição por parte das entidades governamentais. A Austrian Airlines, a Air Berlin e a KLM avisaram através das redes sociais e nos balcões de atendimento das companhias nos aeroportos onde trabalham, de que estão rigorosamente proibidos os embarques desses aparelhos.

 

  • LINK para a nota distribuída pelo Departamento de Transportes dos EUA – texto em inglês.
  • Notícia em atualização – 16h30 UTC

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...