Helicóptero Mi-8 cai com 16 pessoas na Rússia – Há oito sobreviventes

Um helicóptero Mi-8 com turistas caiu no Lago Kuril, na Reserva Natural de Kronotsky, no território da Península da Kamchatka no Extremo Oriente da Rússia, no início da manhã desta quinta-feira, dia 12 de agosto, confirmaram os serviços de emergência. No local do acidente a diferença é de mais sete horas em relação ao horário UTC.

A bordo seguiam 16 pessoas, 13 turistas e três tripulantes. Oito ocupantes foram recolhidos com vida. “Os destroços do helicóptero estão localizados a cerca de 800 metros da costa e a uma profundidade superior a 130 metros. Os mergulhadores do Ministério de Emergência não podem lá chegar”, disse o governador da região, Vladimir Solodov, citado pela agência noticiosa russa ‘Interfax’.

O governo russo nomeou uma comissão de inquérito e abriu um processo penal sobre a alegada violação dos requisitos de segurança durante o funcionamento do transporte aéreo.

A agência noticiosa ‘Interfax’ anunciou que foi descoberta uma falha técnica durante o voo e a tripulação tentou fazer uma aterragem de emergência em nevoeiro denso, mas cometeu um erro e o helicóptero caiu no lago.

O helicóptero acidentado pertence à empresa Vityaz-Aero e estava em serviço desde 1984. A sua licença de voo expirava em Junho de 2022, de acordo com o portal ‘Kamchatka Inform’, citado pelas agências noticiosas russas.

Segundo os mesmos meios de comunicação, quatro dos oito sobreviventes foram internados num hospital em Kamchatka e dois deles encontram-se em estado grave.

O Lago Kuril, com uma profundidade máxima de 316 metros, ocupa uma área de 77 quilómetros quadrados, e é um dos lugares mais visitados pelos turistas que se deslocam à Península da Kamchatka durante a estação do Verão. Nesta península estão ativos diversos vulcões e um conjunto de géisers únicos na Rússia.

A companhia de helicópteros Vityaz-Aero, que é a maior que atua na zona do Lago Kuril, está com a licença apreendida e suspendeu a atividade de transporte de turistas e excursões sobre a Península da Kamchatka. As autoridades confirmam que estão a proceder a uma profunda investigação acerca de eventuais violações das regras de segurança.

No domingo, dia 15 de agosto, equipas de mergulhadores recuperaram o quarto corpo dos oito desaparecidos no acidente. As autoridades disseram que os trabalhos continuarão para recuperar os restantes ocupantes da aeronave sinistrada.

 

 

  • Notícia atualizada às 16h45 UTC de domingo, dia 15 de agosto.
  • Foto © Vityaz-Aero 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica