Bem-vindo, !|Sair

Hi Fly investe em reforço tecnológico da frota

A companhia portuguesa de transporte não-regular Hi Fly realizou um investimento de 1,5 milhões de dólares no upgrade tecnológico de toda a sua frota para o novo sistema TCAS 7.1, cumprindo as mais recentes exigências de segurança europeias, anunciou a empresa no final do mês passado, em Lisboa.

As melhorias introduzidas pela nova versão deste sistema permitem que as tripulações sejam notificadas na eventualidade de uma das aeronaves a circular nas suas proximidades não adotar as manobras de segurança indicadas. O upgrade substitui também os comandos ‘Adjust Vertical Speed, Adjust’ pelos comandos ‘Level-Off, Level-Off’.

O TCAS (Traffic Collision Avoidance System) é um sistema concebido para aumentar a segurança entre aeronaves no espaço aéreo. Este equipamento monitoriza a zona circundante ao avião e adverte os pilotos quanto à presença de outras aeronaves que possam intercetar a sua trajetória. Em caso de necessidade, o sistema indica as manobras adequadas para restabelecer a distância de segurança entre as aeronaves.

A Hi Fly é uma transportadora europeia, com sede em Portugal, certificada pela EASA, IOSA e aprovada pela FAA. O Grupo a que pertence, presidido por Paulo Mirpuri, detém 20 aviões Airbus de última geração, sendo metade deles operados pela Hi Fly, exclusivamente disponíveis em regime de wet lease para operações em todo o mundo. O ‘Wet Leasing’ (fornecimento de aviões com tripulação, manutenção e seguros incluídos) é o negócio núcleo da Hi Fly, o que lhe permite “uma incomparável especialização operacional que tem sido desenvolvida ao longo de vários anos de experiência”, destaca a companhia num comunicado de imprensa.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica