Hi Fly pioneira na defesa do ambiente – primeiro voo sem plásticos de uso único

Numa iniciativa inovadora para o setor de aviação a nível global e momento decisivo para a sustentabilidade do planeta, a Hi Fly fez no passado dia 26 de dezembro, o primeiro voo comercial do mundo completamente livre de plásticos descartáveis.

O teste ‘sem plásticos’, envolverá quatro voos operados pelo Airbus A340-300, matrícula 9H-SUN, da companhia Hi Fly Malta, que integra o grupo português de aviação Hi Fly, entrando nos livros de história a 26 de dezembro de 2018, quando descolou, pela primeira vez, de Lisboa a caminho da cidade de Natal, no Estado do Rio Grande do Norte, no Brasil, sem plásticos de uso único a bordo.

Antes da descolagem, o presidente do grupo, Paulo Mirpuri, comentou: “Este voo histórico Hi Fly, operado sem nenhum item de plástico a bordo, reforça o nosso compromisso de fazer da Hi Fly a primeira companhia aérea ‘livre de plásticos’ do mundo dentro de um ano”.

“Estamos obviamente bastante entusiasmados por sermos a companhia aérea pioneira no mundo nesta iniciativa”, destaca Paulo Mirpuri num comunicado distribuído pela Fundação Mirpuri e pela própria companhia aérea.

“A nossa missão corporativa é baseada na sustentabilidade e trabalhamos lado a lado com a Fundação Mirpuri para garantir que as nossas práticas corporativas correspondam às nossas responsabilidades mais amplas para com o planeta”, refere o líder da companhia aérea portuguesa de aluguer de aviões e fretamentos aéreos.

Os quatro voos de teste do Grupo Hi Fly resultarão em cerca de 350 quilogramas de plásticos descartáveis evitados, que não contribuirão assim para envenenar o nosso meio ambiente.

Mais de 100.000 voos descolam todos os dias por todo o mundo e, só no ano passado, os aviões comerciais transportaram quase quatro bilhões de passageiros. Um número que deverá dobrar novamente em menos de 20 anos. O potencial para fazer a diferença aqui é claramente enorme.

Paulo Mirpuri explica no comunicado que “os voos de teste ajudar-nos-ão a analisar os vários itens substitutos que desenvolvemos, introduzindo-os num ambiente real e assim melhor avaliar a sua aplicabilidade e eficácia” e acrescenta: “Sabemos também, pelo feedback que recebemos das companhias aéreas de passageiros, que é a coisa certa a fazer.”

“Todos juntos por um mundo melhor”

O voo de teste sem plásticos é apenas o mais recente passo da Hi Fly para tornar toda a sua frota “livre de plásticos” até o final de 2019.

Entre as dezenas de itens de plástico de uso único que foram substituídos estão: copos, colheres, saleiros e pimenteiros, sacos para enjoo, embalagens para roupa de cama, pratos, embalagens de manteiga individuais, garrafas de refrigerantes e escovas de dentes.

E entre as muitas inovações apresentadas aos passageiros no voo, pelos especialistas ambientais da Hi Fly, estarão os talheres de bambu, uma série de embalagens de papel e recipientes biodegradáveis que, uma vez usados, podem ser prontamente transformadas em compostos que, mais tarde, poderão ser utilizados, por exemplo, na agricultura e jardinagem.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica