Bem-vindo, !|Sair

Holding da British Airways e da Iberia ganhou mais de mil milhões de euros em 2014

A holding IAG (International Airlines Group), que engloba as companhias aérea British Airways (BA), Iberia e Vueling, registou no ano passado um lucro líquido de 1.003 milhões de euros, o que significa a multiplicação por seis dos 151 milhões de euros que ganhara em 2013.

No caso particular da companhia espanhola Iberia o ano de 2014 fechou com um lucro operacional de 50 milhões de euros, quando no exercício do ano anterior as operações tinham dado um prejuízo de 166 milhões de euros.

Quanto à British Airways também se registou um acréscimo muito interessante nos lucros operacionais que passaram de 762 milhões de euros em 2013 para 1,215 milhões de euros em 2014.

A Vueling, empresa de baixo custo espanhola, teve 141 milhões de euros de lucro operacional.

O caso mais surpreendente destes resultados do IAG é o da Iberia que fecha o ano com resultado positivo, o que não acontecia desde há algum tempo. Para Willie Walsh, administrador delegado do grupo anglo-espanhol, os bons números da Iberia têm um responsável que esclarece ser “a reestruturação levada a cabo nos últimos anos e que tem sido excepcional, tanto do ponto de vista financeiro, como operacional”. “Estamos muito com tudo o que foi conseguido, nomeadamente um estrito controlo de custos da companhia”, acrescenta Walsh, satisfeito porque em 2013 o IAG disse que a Iberia iria ter lucros em 2014 e foi possível cumprir a promessa.

Depois de anunciar os resultados a holding IAG já faz previsões para este ano. Diz que os níveis atuais dos preços dos combustíveis criam ainda melhores perspectivas. Esperam ganhar 2.200 milhões de euros, baixar os custos totais dos combustíveis no grupo para 5.900 milhões de euros e aumentar a oferta de capacidade nos seus aviões em cerca de 5,5 por cento.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica