INAC São Tomé acaba com monopólio das ligações aéreas no País

O Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC) da República Democrática de São Tomé e Príncipe, decidiu pôr fim ao monopólio de algumas companhias aéreas nos voos domésticos e na rota de ligação entre São Tomé e a sub-região da África Central, anunciou o portal nacional de notícias ‘Téla Nón’.

Vladimir Vera Cruz, administrador técnico do INAC, considera que só dessa maneira, o País poderá beneficiar de ligações aéreas seguras e contínuas. “Queremos mais operadoras a fazer essas ligações, de modo a evitar que a rota fique descontínua quando há paralisação de uma companhia”, declarou Vladimir Vera Cruz, citado pelo portal.

A ligação aérea entre as ilhas de São Tomé do Príncipe, tem passado por alguns constrangimentos, pois como refere o responsável pelo INAC, “até agora apenas uma companhia aérea opera nesta rota”. Era o caso da STP Airways, que tinha contratado um avião a uma companhia ucraniana que perdeu a certificação logo que começou a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, no final do mês de fevereiro.

O mesmo acontece com a ligação aérea entre o arquipélago e a sub-região da África Central. A Afrijet, uma companhia aérea privada do Gabão, que garantia a ligação de São Tomé para Libreville, capital do Gabão, e Doula (Camarões), decidiu suspender os voos no final do passado mês de abril. “Tudo por causa de um litígio com a empresa que administra o aeroporto de São Tomé, a ENASA”, refere o ‘Téla Nón’. O país ficou isolado da sub-região da África Central.

Vladimir Vera Cruz disse que neste momento decorrem negociações bastante avançadas com duas operadoras aéreas que irão colocar aviões em São Tomé para iniciarem as ligações para a ilha do Príncipe e para outros países continentais, mais próximos, na costa africana.

Entretanto, encontra-se em São Tomé, desde o início do corrente mês de maio, um avião BAe Jetstream 32 da companhia portuguesa Sevenair que assegurará os voos entre as duas ilhas da República de São Tomé e Príncipe.  Trata-se de um acordo wet lease feito com a STP Airways, companhia que detém a concessão dos voos inter-ilhas, e que, em princípio, é válido até, pelo menos, ao mês de agosto (LINK notícia relacionada).

1 Comments

  1. Avatar

    Decisão assertiva, pecando por ser tardia. A concorrência estimula a competitividade e consequentemente a melhoria da qualidade dos serviços e do negócio, com ganhos, tanto para os operadores como para os utilizadores dos respectivos serviços.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica