Incubadora líder em startups de aviação mundial vai analisar projetos portugueses

A Intelak, uma plataforma que procura desenvolver ideias disruptivas, apoiando empreendedores na fase inicial dos seus projetos nas áreas da Aviação e do Turismo, vai estar na próxima edição do Lusoavia (Cimeira de Aviação dos Países de Língua Portuguesa), que decorre durante o ‘Portugal Air Summit’ no Aeródromo de Ponte de Sor, no próximo dia 30 de maio, e está disponível a analisar projetos das startups portuguesas nas suas áreas de intervenção.

A plataforma é liderada pelo Grupo Emirates e tem a General Electric e o Turismo do Dubai como co-fundadores e parceiros institucionais. Os membros fundadores, em conjunto com a equipa da Intelak, acompanham os projetos, através de um programa integrado, que inclui mentoring, validação de negócio ou protótipo e apresentação a investidores da plataforma.

Aos melhores projetos são atribuídos prémios monetários e um programa exclusivo de desenvolvimento e trabalho junto de vários investidores. Algumas das startups submetidas à apreciação da plataforma obtiveram investimento direto dos fundadores, enquanto outras encontraram no percurso de treino e mentoring parceiros globais e investidores para as fases de financiamento e penetração de mercado internacional.

 

Primeira digressão fora do espaço geográfico do Médio Oriente

Depois de anunciada a intenção de olhar para fora do mercado do Médio Oriente, esta é a primeira digressão mundial, sendo Portugal o primeiro país a receber a plataforma, a convite do diretor executivo da LusoAvia, Frederico Fernandes, que trabalha em conjunto com a Intelak na principal plataforma global de investimento em aviação, GIAS (Global Investment in Aviation Summit), que se realiza anualmente no Dubai, Emirados Árabes Unidos.

“Esta é uma oportunidade única, para todos empreendedores portugueses em aviação. Temos comprovado a capacidade de aceleração da Intelak. É uma aceleradora única, sendo os seus membros altamente experientes na análise de negócio e na sua optimização. Observámos projetos que se tornaram globais em semanas. Se juntarmos a capacidade dos membros fundadores, esta é uma oportunidade a não perder”, destaca Frederico Fernandes.

A pedido da organização,  Aya Sadder, apresentará uma sessão extra à cimeira do LusoAvia, no mesmo local a partir das 17h15 do dia 30 de Maio, sob o tema ‘Aviation Startup Incubation and Financing’, onde algumas startups poderão fazer um apresentação (pitch) com o máximo de cinco minutos, seguido de um breve mentoring e recomendações. No programa do 2º LusoAvia está programado um painel sobre oportunidades de negócio que contará com a intervenção de Aya Sadder, diretora executiva da Intelak, pelas 15h00 do mesmo dia.

 

O Professor Rui Quadros numa das suas intervenções na primeira conferência Lusoavia, em outubro de 2017, em Lisboa, que juntou entidades e parceiros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

O Professor Rui Quadros do ISEC, entusiasta e promotor de novas ideias e projetos disjuntivos na aviação em Portugal será o responsável por recolher o interesse das startups que pretendem apresentar-se à Intelak na sessão especial atrás referida.

“O ecossistema de promoção de startups em Portugal é uma referência mundial. Contudo, a especialização por sector é o novo passo a dar, e vamos contribuir para este passo com a instalação da primeira aceleradora de startups dedicada à aviação em Portugal que terá ligação às suas congéneres mundiais e irá acelerar os projetos apresentados pelos empresários portugueses e dos restantes países da Lusofonia”, revelou ainda Frederico Fernandes.

Contacto Professor Rui Quadros: rui.quadros@iseclisboa.pt

 

  • Na imagem de abertura desta matéria vemos Aya Sadder e Frederico Fernandes, ao centro, no final da primeira edição do GIAS, em janeiro passado, no Dubai, juntamente com cinco representantes de igual número de startups que chegaram à apresentação final, tenho recolhido cerca de 40 milhões de dólares em intenções de financiamento. 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica