Inscrições árabes em quatro aviões da Easyjet parados em França

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


 

Quatro aviões Airbus A320 da companhia de baixo custo britânica EasyJet que estavam estacionados em aeroportos franceses foram encontrados esta semana com inscrições árabes nos depósitos de combustíveis e nos sanitários.

A companhia alertou as autoridades aeroportuárias e policiais francesas para a ocorrência que acabou por não ser assinalada como de grande risco para a operação da companhia britânica, mas alertou os investigadores para alguma perigosidade nos aeroportos franceses, tendo em conta o fato de muitos trabalhadores terem simpatias pelos extremistas islâmicos.

Os investigadores que estão a seguir o inquérito alertam para a necessidade de estas ocorrências serem vistas “além da simples inscrição de graffiti”, pois por terem ocorrido duas semanas depois dos trágicos acontecimentos em França, onde 130 inocentes perderam a vida, em atentados desencadeados por extremistas islâmicos, é no mínimo desafiador de todo o sistema de segurança dos aeroportos franceses.

A EasyJet distribuiu esta manhã um comunicado em que lamenta os incidentes, reafirma a segurança da companhia e das suas aeronaves e a sua completa disponibilidade para trabalhar com as autoridades, garantindo a segurança de voo dos seus passageiros e tripulantes, que diz ser a principal prioridade da sua atividade.

Philip Baum, editor da revista ‘Aviation Security International’ disse ao jornal britânico ‘The Sun’ que “os graffiti em si não ferem ninguém, mas a habilidade de alguém em colocá-los em zonas proibidas, como junto do tanques de combustível de uma aeronave, é muito perigoso”.

Os alertas estão lançados, aguardando-se um reforço da segurança nas pistas de estacionamento de aeronaves nos aeroportos franceses e a vigilância das autoridades policiais em relação a alguns profissionais quanto a eventuais simpatias e relacionamentos com células de extremistas islâmicos.

A companhia aérea não revelou o registo de matrícula das aeronaves visadas, nem os aeroportos onde os incidentes ocorreram, por questões de segurança, e para não prejudicar os inquéritos policiais em curso.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Avião de passageiros cai perto de Moscovo durante voo de teste – Morreram os três tripulantes

Um avião de passageiros 'Sukhoi Superjet-100' da companhia Gazprom...

NAV Portugal fez uma “distribuição extraordinária” de resultados em 2023 a cedido do Governo

O presidente da NAV Portugal, Pedro Ângelo, sinalizou que,...

Já está completo o novo Conselho de Administração do Grupo SATA

O diretor de Gestão de Receita, Sandro Raposo, e...

Américo Muchanga é o novo Presidente do Conselho de Administração da LAM

Américo Muchanga é desde esta quarta-feira, dia 10 de...