Joe Biden requisita 18 aviões comerciais para transportar afegãos para os EUA

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América ordenou a requisição de 18 aviões comerciais a companhias dos EUA para transporte de refugiados afegãos que já se encontram em bases militares no Qatar, no Bahrain e na Alemanha, a aguardar embarque.

As companhias aéreas já tinham sido avisadas na sexta-feira, dia 20 de agosto, à noite, que o presidente Joe Biden pretendia ativar a Frota Aérea de Reserva Civil (CRAF – Civil Reserve Air Fleet), um programa criado há quase 70 anos, após a ponte aérea de Berlim, para fornecer apoio a uma “grande emergência de defesa nacional”.

De acordo com o ‘The Wall Street Journal’, que abordou o assunto pela primeira vez, um porta-voz do Departamento de Defesa tinha afirmado que o Comando de Transportes dos EUA estava a trabalhar “com líderes militares e industriais, para transportar cidadãos dos EUA, requerentes de vistos especiais de imigração, e outros indivíduos em risco do Afeganistão” para os EUA.

Neste domingo, dia 22 de agosto, surgiu a confirmação da ponte aérea que será realizada por 18 aeronaves de grande capacidade de companhias norte-americanas. Segundo a imprensa norte-americana a requisição dos aviões comerciais é a seguinte: quatro à United Airlines; três à Delta Air Lines, Atlas Air, American Airlines e Omni Air; e dois à Hawaiian Airlines.

Estão neste momento em curso a programação dos voos que constituirão, neste semana, uma autêntica ponte aérea para transporte de alguns milhares de afegãos, que serão acolhidos, em instalações que estão a ser montadas junto de bases aéreas norte-americanas. Não há qualquer ideia de quantos afegãos possam querer viajar para os EUA, já que a Administração de Joe Biden anunciou que acolheria todos quantos quisessem abandonar o País, por não concordarem com a política do regime que será imposto novamente pelos Talibãs no Afeganistão.

 

EUA evacuaram 17.000 pessoas do Afeganistão numa semana

Um funcionário da Casa Branca informou a imprensa no sábado, que, nas últimas 24 horas, seis aviões C-17 militares dos EUA e 32 voos charters partiram de Cabul. A contagem total de passageiros para esses 38 voos é de aproximadamente 3.800. O funcionário da Casa Branca diz que desde 14 de agosto, os EUA evacuaram cerca de 17.000 pessoas.

As companhias aéreas esperam trabalhar nestes voos ativados pela CRAF com pessoal que se apresente voluntariamente para integrar as escalas de tripulantes.

1 Comments

  1. Avatar

    só um detalhe CRAF significa Civil Reserve Air Fleet

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica