Laboratórios de testes no Aeroporto de Lisboa abrem às 04h00 neste domingo

A ANA – Aeroportos de Portugal anunciou neste sábado, dia 17 de julho, o alargamento do horário dos laboratórios que realizam testes à covid-19 no aeroporto de Lisboa, na sequência dos cancelamentos de voos devido à greve dos trabalhadores da Groundforce.

“De forma a possibilitar a realização de testes covid-19 por parte dos passageiros que deles necessitem para viajar nos próximos dias, a ANA – Aeroportos de Portugal solicitou aos laboratórios que alarguem o seu horário de funcionamento”, adiantou a empresa em comunicado.

Segundo a ANA, os passageiros podem, a partir das 04h00 deste domingo, dia 18 de julho, efetuar o teste de despiste ao vírus SARS-CoV 2 no Synlab, no piso -1 do aeroporto, e na UCS – Cuidados Integrados de Saúde/TAP, junto às partidas.

“Deste modo, os passageiros que viram os seus voos cancelados durante o dia de hoje e de amanhã [domingo] podem realizar o teste PCR ou antigénio no aeroporto de Lisboa num horário mais alargado”, adiantou a ANA neste sábado.

 

ANA informa que foram cancelados 270 voos neste sábado nos aeroportos portugueses

A empresa avançou ainda que, devido à greve nos serviços de `handling´ (apoio de terra à aviação) da Groundforce, foram cancelados hoje 242 voos no aeroporto de Lisboa – 107 chegadas e 135 partidas.

No aeroporto do Porto, a greve levou ao cancelamento de 18 voos (nove chegadas e nove partidas), em Faro e na Madeira foram canceladas três chegadas e três partidas em cada um dos aeroportos e no Porto Santo a paralisação obrigou a cancelamento de quatro ligações aéreas.

A empresa reiterou o apelo aos passageiros com voo marcado para estes sábado e domingo para que se informem sobre o estado do mesmo, antes de se deslocarem para o aeroporto.

“Apelamos aos passageiros com voos cancelados que não se dirijam ao aeroporto de Lisboa e procurem informação através de outros canais, digitais e telefónicos”, adiantou a empresa.

As companhias aéreas que utilizam o Terminal 2 do aeroporto de Lisboa e as que operam com outra empresa de assistência em escala, que não a Groundforce, mantêm a sua operação regularizada.

 

  • LINK notícia relacionada

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica