LAM grata a seis médicos que viajaram num voo da companhia entre Maputo e Lisboa

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Uma passageira que embarcou no voo TM704 da LAM (Linhas Aéreas de Moçambique) entre as cidades de Maputo e de Lisboa na sexta-feira, dia 7 de junho, teve problemas de saúde, três horas após a descolagem da capital moçambicana, tendo ficado inconsciente durante as restantes sete horas de viagem até ao destino, confirmou a companhia aérea.

Uma nota de esclarecimento distribuída neste sábado, dia 8, pela LAM, em Maputo, diz que para a assistência à passageira com problemas de saúde, a tripulação contou com os préstimos de seis médicos que se encontravam a bordo.

“Os cuidados foram prestados por três médicos da seleção nacional de futebol [que viajava no mesmo avião], nomeadamente, os Drs. Raúl Gabriel Cossa, Monteiro José Fumo e Alberto Solomone e três médicas do Ministério da Saúde de Moçambique, as Dras. Dalila Rego, Clotilde Rego Nhatave e Dulce Loforte”, diz a nota da companhia.

“Por este gesto de humanismo que permitiu salvar a vida da passageira, a Direcção e os colaboradores da empresa Linhas Aéreas de Moçambique apresentam o seu profundo reconhecimento aos seis médicos que voluntária e prontamente se apresentaram à tripulação para prestar assistência à passageira”, que à chegada a Lisboa foi transferida para uma unidade de saúde local.

“A Direcção da LAM espera encontrar esta equipa de médicos para apresentar o seu reconhecimento em Maputo”, refere a nota de esclarecimento, que estende os seus agradecimentos “aos passageiros do voo TM704 e todas as entidades que prestaram a sua colaboração no Aeroporto de Lisboa”.

O voo TM704 foi realizado por um Boeing 777-200ER da Euro Atlantic Airways, matrícula CS-TSW, que aterrou em Lisboa pelas 09h47 deste sábado, dia 8 de junho. A companhia aérea portuguesa tem um acordo de parceria com a LAM para a realização dos voos da rota Maputo-Lisboa-Maputo.

Os jogadores da seleção moçambicana de futebol viajaram na sexta-feira no voo Maputo-Lisboa, para depois seguirem da capital portuguesa para Marrocos, onde nesta segunda-feira, dia 10 de junho, jogam contra a Guiné-Conacri, em partida da quarta jornada do Grupo G da zona africana de qualificação para o ‘Mundial 2026’, que vai decorrer nos EUA, Canadá e México.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da TAP diz que estão reunidas as condições para que o orçamento deste ano seja cumprido

O presidente executivo da TAP, Luís Rodrigues, considera que...

Aluguer de Airbus A330 em 2016 motivou buscas da PJ às instalações da sede da SATA

O aluguer do avião Airbus A330 para integrar a...

Ryanair lança promoção relâmpago durante 48 horas

Viagens para os meses de junho e julho disponíveis...

Instalações da sede do Grupo SATA nos Açores alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária

Inspetores da Polícia Judiciária (PJ) estiveram na manhã de...