Bem-vindo, !|Sair

LAM nada deve à BP mas reconhece dificuldades no abastecimento de JET A1

Curso ISEC_Absant fev2018A LAM Linhas Aéreas de Moçambique desmentiu nesta terça-feira, dia 6 de março, a notícia que foi divulgada na segunda-feira, pela ‘Aviator’, uma empresa de consultadoria internacional de aviação, de uma “eventual dívida de cerca de 3 milhões de dólares norte-americanos para com a BP e, como resultado, esta firma terá supostamente interrompido o abastecimento das aeronaves”.

Esta notícia foi também divulgada por outros sites de informação de aviação, nomeadamente pelo ‘Newsavia’ e depois replicada nas redes sociais.

“Na expectativa de repor a verdade, a LAM informa que não tem nenhuma dívida com a BP”, refere o comunicado da transportadora aérea moçambicana. Porém, a empresa confirma abastecimentos condicionados devido à ruptura de stock de combustível, por parte da BP, o que resulta em atrasos e reprogramação de voos.

“Enquanto permanece esta situação, a LAM está a garantir abastecimentos através da ‘Puma Energy’, mediante pré-pagamentos, situação insustentável na gestão de qualquer companhia aérea, tendo em conta o volume de consumo diário de combustível em causa”, refere ainda o comunicado das Linhas Aéreas de Moçambique, que no final “apresenta sinceras desculpas pelos transtornos que esta situação está a causar” aos seus clientes.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica