LATAM Brasil opera 82% da capacidade de assentos oferecida em setembro de 2019

A LATAM Airlines Brasil está a operar no corrente mês de setembro 82% da sua oferta doméstica de assentos em comparação com igual mês de 2019 (período anterior à pandemia). Se comparado com setembro de 2020, a oferta de assentos da companhia aérea vai dobrar (220%) neste mês. Ao todo, são 466 voos nacionais diários da LATAM no Brasil, impulsionados por crescimentos nos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Espírito Santo e Amazonas.

Estamos cada vez mais próximos dos níveis pré-pandémicos nos voos domésticos e atentos ao avanço do processo de vacinação contra a covid-19. É por isso, por exemplo, que acabamos de inaugurar o nosso voo regular para Comandatuba e já superámos a quantidade de aeroportos brasileiros que atendíamos antes da pandemia. E a retoma não é diferente no internacional. Embora mais lenta, já incrementámos rapidamente a oferta para os próximos meses mediante as recentes aberturas de fronteiras para o turista brasileiro”, afirma Diogo Elias, diretor de Vendas e Marketing da LATAM Brasil.

No passado dia 2 de setembro, a LATAM inaugurou o voo regular direto de São Paulo/Congonhas para a ilha da Comandatuba (Bahia), o que fez a companhia superar no Brasil o número de aeroportos atendidos antes da pandemia de covid-19. Agora a LATAM voa para 45 destinos no Brasil: São Paulo (Congonhas), São Paulo (Guarulhos), Brasília, Fortaleza, Florianópolis, Belo Horizonte (Confins), Curitiba, Rio de Janeiro (Galeão), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Campo Grande, Cuiabá, Belém, Porto Alegre, Aracaju, Salvador, Ilhéus, Porto Seguro, Comandatuba, Recife, Maceió, Vitória, Natal, Foz do Iguaçu, Navegantes, Manaus, Goiânia, Londrina, João Pessoa, Teresina, São Luís, Uberlândia, Rio Branco, Imperatriz, Palmas, Maringá, Porto Velho, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Boa Vista, Marabá, Macapá, Joinville, Santarém, Jaguaruna e Chapecó.

Ainda neste ano, a companhia vai abrir mais quatro novos destinos no Brasil a partir de novembro: Juazeiro do Norte (Ceará), Jericoacoara (Ceará), Petrolina (Pernambuco) e Vitória da Conquista (Bahia).

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica