Bem-vindo, !|Sair

Maior edição de sempre do Dubai Air Show capta a atenção mundial


 

Está tudo preparado para a maior edição de sempre do Dubai Air Show, que abrirá portas no próximo domingo, dia 12 de novembro, em DWC, Dubai Airshow Site, localizado em Jebel Ali.

Este certame nasceu em 1986 como Arab Air e, desde então, evoluiu para um dos mais importantes do mundo e o mais destacado da região do Médio Oriente.

Este ano a organização estima receber cerca de 72 mil visitantes durante os cinco dias do certame, que decorre de 12 a 16 de novembro. São mais de 1200 expositores em representação das mais importantes marcas da indústria mundial da aviação, desde os construtores aos prestadores de serviço, passando pela indústria aeroespacial.

Nesta edição haverá pela primeira vez um pavilhão de exposição e conferências dedicadas ao segmento Aeroespacial, que  receberá o astronauta coronel piloto Al Worden,  que participou na missão ‘Apollo 15’ pilotando o módulo de comando, e uma zona de exposição exclusivamente dedicada à Carga Aérea.

Este evento vê também reforçado o segmento das conferências e eventos temáticos com a reapresentação da cimeira UAS e Airport Solutions, e com o regresso, em simultâneo, do Gulf Aviation Training Event (GATE) , agora na sua quarta edição, que  aproveitando o facto de decorrer durante o Dubai Air Show , expande o painel de discussões com a introdução das especialidades de manutenção e ‘crew-trainning’.

Durante o Dubai Air Show haverá espaço para o futuro, com ações específicas para potenciar a inspiração das novas gerações de profissionais aero-espaciais em conjunto com as universidades locais.

Beriev 200

Espera-se muito dos vários departamentos comerciais relativamente às apresentações dos construtores, toda uma envolvência própria destes grandes certames criada para atrair novos clientes, para fixar compras e contratos,  mas não poderemos deixar de destacar as apresentações em voo real que se farão durante o certame.

Destacamos no programa: a ‘August 1st’, a equipa oficial de acrobacia da Força Aérea da República Popular da China, que se apresentam desde 1962 e actualmente voa com os caças Chengdu J-10; os ‘Russian Knights’, esquadrão de acrobacia da Força Aérea Russa que se apresentam com os  Sukhoi Su-30SM’s; e o esquadrão ‘Al Fursan’ da Força Aérea dos Emirados Árabes Unidos, com os seu Aermacchi MB-339NAT.

Esquadra Acrobática dos Emirados Árabes Unidos os Al Fursan

Com menos ruído subirão aos céus o Airbus A350 e o Beriev BE200, este para uma demonstração de ataque a incêndios. Haverá espaço para as assas rotativas através da demonstração da novidade turca, o TAI T129, que é um helicóptero de ataque, que esteve presente em Le Bourget mas não voou.

 

T129, desenvolvido pela Turkish Aerospace Industires (TAI) em parceria com a AgustaWestland

Na exposição estática poderemos ver mais 160 aeronaves, incluindo dois aviões Airbus A380, um da Emirates e outro da Etihad, os helicópteros Motor Sich Mi2 e Mi8 e vários jatos executivos com destaque para os novos modelos da Gulfstream (650)  e Bombardier (6000).

Em estreia absoluta neste certame e apenas em exposição estática,  poderemos ver o Sukhoi Super 100, que vem tentar encontrar ânimo de vendas no Médio Oriente, e o Kawasaki C2 das forças armadas japonesas.

Embora este seja um evento reservado à indústria poderão ser adquiridos bilhetes para o certame através do site ou nas bilheteiras do evento.

Se não puder marcar presença, acompanhe os melhores momentos aqui no NewsAvia.

 

Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica