Malawian Airlines quer adquirir um Q200 para as ligações com Moçambique

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Malawian Airlines, com base em Blantyre, no Malawi, está à procura de um avião até 30 lugares de lotação, para colocar nas suas ligações para cidades moçambicanas, revelou o presidente da companhia, Kassim Geresu, em entrevista à revista ‘African Aerospace’.

A Malawian, que foi criada em 2013 com capital da Ethiopian Airlines (49%) e do Governo do Malawi (51%), começou a voar com um avião Boeing 737-400 e um Bombardier Dash 8-400, ambos oriundos da companhia etíope, também responsável por toda o suporte técnico-operacional da empresa do Malawi. Substituiu a Air Malawi, companhia de capitais públicos que entrou em falência.

Atualmente a Malawian liga para duas cidades no interior do país, Lilongwe e Blantyre, assim como realiza voos regulares para outros países africanos, nomeadamente para Moçambique, África do Sul, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabué.

Segundo a imprensa do Malawi, país que tem uma longa fronteira com o Noroeste e Centro de Moçambique, as preferências dos responsáveis pela Malawian Airlines apontam para o Bombardier Q200, um turbo-hélice com capacidade para 27 passageiros, em configuração de fábrica.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

 ‘Portugal Stopover’ da TAP distinguido pelos leitores da ‘Global Traveller’ pela sexta vez

O programa Stopover da TAP Air Portugal foi distinguido...

EasyJet melhora resultados no primeiro semestre fiscal (2023-2024) mas ainda com prejuízo

A companhia aérea europeia de baixo custo EasyJet registou...

Major-general piloto-aviador da FAP na reserva lidera departamento de Segurança da Sevenair Academy

Mário Barreto foi nomeado para liderar o Departamento de...

Governo dos Açores garante “pleno funcionamento” da administração da SATA Holding

O Conselho de Administração da SATA Holding "está em...