Ministros do Belize tomam banho forçado em amaragem de Cessna 208B Grand Caravan

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um avião Cessna 208B Grand Caravan ao serviço da companhia Tropic Air, de Belize, país da América Central que integra a Comunidade das Caraíbas, caiu no mar nesta, devido a ter colidido com um automóvel que circulava numa estrada que atravessa uma das cabeceiras da pista. Os sete ocupantes saíram a nado e estão todos salvos.

A ocorrência verificou-se em Placencia pelas 08h45 da passada sexta-feira, dia 17 de novembro. O avião levava a bordo seis passageiros e um piloto. No momento da descolagem o piloto foi surpreendido por uma automóvel que circulava dentro da pista por uma estrada que atravessa a cabeceira, e não conseguiu evitar a colisão.

Segundo relatos de sites de informação do Belize o piloto tentou imediatamente fazer uma amaragem, já que o avião, um monomotor, não ganhou velocidade suficiente e adequada para prosseguir viagem.

Tudo deu certo em relação à decisão tomada pelo piloto, pois conseguiu avisar os passageiros de que cairiam no mar, embora em zona costeira com águas pouco profundas.

Entre os seis passageiros que seguiam a bordo contavam-se o vice-primeiro ministro, Patrick Faber, e o ministro da Agricultura, Pescas e Florestas, Goswin Hulse, que viajavam para Punta Gorda, onde seria inaugurado um pavilhão multiusos mandado construir pelo governo. O primeiro-ministro encontra-se fora do país, na cidade de Houston, Estado do Texas (EUA).

Felizmente nada passou de um susto e de um forçado banho de mar, já que foi o próprio comandante da aeronave que coordenou a evacuação, depois de ter feito uma amaragem que permitiu a saída de todos nos poucos momentos em que a aeronave flutuou.

A estrada que atravessa a cabeceira da pista (esta com 620 metros de extensão) tem sinalização adequada e avisa os automobilistas a darem prioridade aos aviões em operações de pouco ou descolagem.

A Tropic Air é a companhia aérea de bandeira do Belize. Tem uma frota de 11 aviões Cessna 208B Grand Caravan, com capacidade para 14 pessoas, e mais cinco aviões de menor capacidade, também monomotores.

 

  • A imagem de entrada mostra o momento em que os ocupantes da aeronave aguardavam as equipas de resgate que os retiraram do mar. No centro da fotografia, com salva-vidas amarelo, vemos o comandante que coordenou até a operação de evacuação do avião, que está submerso ao lado. Foto © Caricom Today

 

Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

São Tomé e Príncipe bate em 2023 recorde de entrada de turistas no País com portugueses a liderar

A República Democrática de São Tomé e Príncipe superou...

ANAC e APA já deram aval a obras de melhoria no Aeroporto Humberto Delgado/Lisboa

Francisco Pita, administrador executivo da ANA – Aeroportos de...

Publicado o novo acordo de empresa dos tripulantes de cabina da TAP

O novo acordo de empresa, aprovado pelos tripulantes de...

ANA tem um mês para começar a negociar qualidade do serviço nos aeroportos portugueses

A Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) determinou à...